SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.125 issue3Fractures of the distal radius (Colles' fracture)Preoperative warming combined with intraoperative skin-surface warming does not avoid hypothermia caused by spinal anesthesia in patients with midazolam premedication author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180On-line version ISSN 1806-9460

Abstract

GAWRYSZESKI, Vilma Pinheiro. Um retrato das mortes por causas externas no estado de São Paulo, 2003. Sao Paulo Med. J. [online]. 2007, vol.125, n.3, pp.139-143. ISSN 1806-9460.  https://doi.org/10.1590/S1516-31802007000300003.

CONTEXTO E OBJETIVO: No estado de São Paulo as causas externas de morte são um importante problema de saúde pública. A cada ano, cerca de 32.000 pessoas morrem e outras 180.000 são hospitalizadas devido a essas causas. O objetivo deste trabalho foi analisar dados de mortes por causas externas para o estado de São Paulo, 2003. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo descritivo com base populacional. Realizado no Estado de São Paulo, 2003. MÉTODO: O universo de 31.032 mortes por causas externas foi analisado. O banco de dados utilizado foi o Sistema de Informações de Mortalidade (SIM/DATASUS). Os dados foram estratificados por sexo, idade, intencionalidade e mecanismo da causa externa. As taxas brutas foram calculadas por 100.000 habitantes. RESULTADOS: A taxa de mortalidade encontrada foi 80,2/100.000 (140,2/100.000 para os homens e 22,4/100.000 para as mulheres). Taxas mais altas foram encontradas entre os homens, os jovens e os idosos. As mortes classificadas como intencionais foram 49,7%, enquanto que as não intencionais foram 39,7%. Homicídios foram a principal causa, 44,6% do total (35,8/100.000), seguidas pelos acidentes de transporte terrestre, 22,3% do total (17,9/100.000). Armas de fogo tiveram um importante papel nas mortes por homicídios. A intencionalidade e o mecanismo da causa externa variaram de acordo com a idade da vítima. CONCLUSÕES: Os resultados indicam a necessidade de desenvolver estratégias para a prevenção do problema, que devem levar em conta as diferenças existentes entre as faixas etárias no que diz respeito à intencionalidade e mecanismo da lesão. Especial atenção deve ser dada aos homicídios e aos acidentes de transporte.

Keywords : Coeficiente de mortalidade; Violência; Prevenção de acidentes; Homicídio; Acidentes de trânsito.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License