SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.131 número2Aferindo espiritualidade e religiosidade na pesquisa clínica: uma revisão sistemática dos instrumentos disponíveis para a língua portuguesaDisplasia diastrófica: diagnóstico pré-natal e revisão da literatura índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Sao Paulo Medical Journal

versão impressa ISSN 1516-3180

Resumo

MAIA, Carolina Bastos et al. Sequestro esplênico agudo em uma mulher grávida com anemia falciforme homozigótica. Sao Paulo Med. J. [online]. 2013, vol.131, n.2, pp.123-126. ISSN 1516-3180.  https://doi.org/10.1590/S1516-31802013000100023.

CONTEXTO

Anemia falciforme homozigótica (SS) complicada por sequestro esplênico agudo em adultos é evento raro, e nunca foi relatado durante a gravidez.

RELATO DO CASO

Uma mulher de 25 anos, portadora de doença falciforme homozigótica (SS), com 32 semanas de gestação, foi internada apresentando fraqueza, dor abdominal, febre e hemoglobina de 2,4 g/dl. Frequência cardíaca fetal anormal foi detectada pela cardiotocografia e a paciente recebeu 5 unidades de concentrado de hemácias. Cesariana foi realizada com 37 semanas. Mãe e filho receberam alta em bom estado geral.

CONCLUSÃO

Este relato de caso demonstra a importância da transfusão imediata para o tratamento de sofrimento fetal nos casos de sequestro esplênico durante a gestação. Este tratamento é imprescindível para se evitarem complicações maternas e fetais.

Palavras-chave : Anemia falciforme; Gravidez; Sofrimento fetal; Monitorização fetal; Baço.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )