SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número6Densidade de energia e aminoácidos em dietas de leitões na fase pré-inicial de creche: desempenho e composição química corporalConsumo e digestibilidade em bovinos em pastejo durante o período seco recebendo suplementação com compostos nitrogenados índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Zootecnia

versão On-line ISSN 1806-9290

Resumo

CARVALHO, Sérgio  e  MEDEIROS, Liziany Müller. Características de carcaça e composição da carne de cordeiros terminados em confinamento com dietas com diferentes níveis de energia. R. Bras. Zootec. [online]. 2010, vol.39, n.6, pp.1295-1302. ISSN 1806-9290.  https://doi.org/10.1590/S1516-35982010000600019.

Avaliaram-se as características da carcaça, a composição tecidual da secção entre a 9ª e a 11ª costela, a composição centesimal do músculo longissimus dorsi e a proporção dos componentes não-carcaça de cordeiros terminados em confinamento com dietas contendo 1,49; 1,55; 1,62; ou 1,68 Mcal de energia líquida/kg de matéria seca. As dietas foram compostas de silagem de milho como volumoso e concentrado composto de um produto comercial e do suplemento energético Lacto Plus®. Foram utilizados 16 cordeiros machos não-castrados desmamados aos 74 ± 18 dias de idade e abatidos aos 84 dias de confinamento. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com quatro níveis de energia, cada um com quatro repetições. A porcentagem de perna diminuiu linearmente, enquanto a porcentagem de costilhar aumentou, também de forma linear, com o aumento do nível de energia na dieta dos cordeiros. A proporção de músculo diminuiu e a de gordura aumentou de acordo com o nível de energia na dieta. A composição centesimal do longissimus dorsi não foi influenciada pelo nível de energia da dieta. As porcentagens de sangue e gordura interna e renal aumentaram linearmente, enquanto as de vísceras cheias e de conteúdo gastrintestinal diminuíram linearmente com o aumento do nível energético das dietas. O aumento do nível de energia líquida na dieta de cordeiros em confinamento reduz a proporção de perna e aumenta a de costilhar, além de aumentar a proporção de gordura e diminuir a de músculo na secção entre a 9ª e a 11ª costela.

Palavras-chave : carne; composição regional; órgãos internos; ovino.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons