SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número3Efeito da administração aguda da cetamina e imipramina sobre a atividade da creatina quinase no encéfalo de ratosFobia de deglutição: remissão com terapia comportamental índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Psychiatry

versão impressa ISSN 1516-4446versão On-line ISSN 1809-452X

Resumo

TELLES, Lisieux Elaine de Borba; DAY, Vivian Peres; FOLINO, Jorge Oscar  e  TABORDA, José Geraldo Vernet. Confiabilidade da versão brasileira do HCR-20 Assessing Risk for Violence. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2009, vol.31, n.3, pp.253-256.  Epub 07-Ago-2009. ISSN 1809-452X.  https://doi.org/10.1590/S1516-44462009005000001.

OBJETIVO: A avaliação de risco de violência é uma tarefa complexa baseada muitas vezes em critérios clínicos pouco objetivos e estruturados. O HCR-20 Assessing Risk for Violence tem sido usado em diversos países para aumentar a precisão deste exame. O presente estudo tem como objetivo informar aspectos nucleares deste instrumento, bem como os resultados da avaliação da confiabilidade do HCR-20 Assessing Risk for Violence em uma amostra da população manicomial brasileira. MÉTODO: Dois examinadores avaliaram independentemente uma amostra de 30 pacientes selecionada aleatoriamente da população em cumprimento de Medida de Segurança no Instituto Psiquiátrico Forense Maurício Cardoso. RESULTADOS: Os valores das médias de consenso entre os entrevistadores foram os seguintes: Histórica = 13,1; Clínica = 4,8 e Manejo de risco = 5,8. O valor do Coeficiente de Correlação Interno para a pontuação da subescala Histórica foi 0,97; para a pontuação da subescala Clínica foi 0,94; e para a subescala Manejo de risco foi 0,96. Quanto aos itens individuais do HCR-20 Assessing Risk for Violence, o resultado do Coeficiente de Correlação Interno foi de bom a excelente (média = 0,97; intervalo de 0,60 a 0,99). CONCLUSÃO: A confiabilidade entre os avaliadores da versão brasileira da escala HCR-20 Assessing Risk for Violence foi similar aos resultados de estudos em outros países.

Palavras-chave : Psiquiatria legal; Medição de risco; Violência; Reprodutibilidade dos testes; Avaliação.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons