SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número2Copper slag from different dumps in the Atacama Region used in mortars as partial replacement of cementProdução de compósitos madeira-cimento de baixa densidade pelo método vibro-dinâmico de compactação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Matéria (Rio de Janeiro)

versão On-line ISSN 1517-7076

Resumo

ALMEIDA, Diego Henrique de; GRILLO, Rodolfo Henrique Freitas; MAESTRELLI, Sylma Carvalho  e  ROVERI, Carolina Del. Propriedades do concreto fabricado com resíduo de louça sanitaria como agregado. Matéria (Rio J.) [online]. 2019, vol.24, n.2, e12350.  Epub 10-Jun-2019. ISSN 1517-7076.  http://dx.doi.org/10.1590/s1517-707620190002.0665.

Na fabricação do concreto, cimento (o Portland é o mais usado), água e agregados (classificados em finos e grossos), são usados. Com a utilização de inúmeras matérias-primas, a geração de resíduos é inevitável, seja na construção civil ou em outros setores, como as indústrias produtoras de materiais cerâmicos. Entre os tipos de resíduos destas indústrias, pode ser mencionado o scrap cerâmico (proveniente da indústria de louças sanitárias). Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi estudar a adição de scrap cerâmicso como agregado graúdo em diferentes proporções na formulação de concretos. Para isso, foram selecionados resíduos de uma indústria do sul de Minas Gerais, e foram preparados corpos de prova para determinação das propriedades do concreto fresco (slump teste, segregação e porosidade) e endurecido (resistência à compressão) das diferentes formulações do concreto. Foram confeccionadas 5 diferentes formulações, uma de referência (CR) e quatro com resíduo cerâmico como substituinte do agregado graúdo nas proporções de 25% (CSC-I), 50% (CSC-II), 75% (CSC-III) and 100% (CSC -IV). Em relação aos concretos frescos, duas formulações não apresentaram segregação (CSC-III and CSC-IV) e duas um pequeno escorrimento de água (CSC-I and CSC-II ), entretanto, em comprometer a trabalhabilidade do concreto. Em relação às resistência à compressão, os valores médios apresentados foram satisfatórios, incluindo a formulação com 100% de scrap cerâmico (fc = 47.78 MPa). Outro importante aspecto observado nos modos de ruptura dos corpos de prova foi a pequena adesão entre o resíduo de louça sanitária e a argamassa devido à camada de esmalte no contorno do resíduo. Em relação à porosidade das formulações, aquelas com 25, 75 e 100% de resíduo apresentaram valores mais baixos em relação ao concreto de referência.

Palavras-chave : Concreto; Propriedades mecânicas; Resíduo; Scrap cerâmico.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )