SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número1Adequação da demanda de crianças e adolescentes atendidos na Unidade de Emergência em Maceió, Alagoas, BrasilMães e vacinação das crianças: estudo de representações sociais em serviço público de saúde índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil

versão impressa ISSN 1519-3829

Resumo

MONTENEGRO, Ana Carla P. et al. Avaliação do cortisol salivar por electroquimioluminecência em gestantes de baixo e de alto risco. Rev. Bras. Saude Mater. Infant. [online]. 2010, vol.10, n.1, pp.69-74. ISSN 1519-3829.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-38292010000100007.

OBJETIVOS: comparar os níveis de cortisol em mulheres com gravidez de alto risco em relação às gestantes de baixo risco, por meio da avaliação do cortisol salivar utilizando a técnica da electroquimioluminescência (EQL). MÉTODOS: foram estudadas 38 mulheres de 17a 40 anos de idade, no terceiro trimestre de gestação, divididas em dois grupos: 20 gestantes de baixo risco e 18 gestantes de alto risco. O cortisol salivar foi coletado à meia-noite e medido através da EQL. As médias do cortisol salivar foram comparadas entre os dois grupos de gestantes através do teste de Kruskal-Wallis. RESULTADOS: a média das pressões sistólica e diastólica foi normal nos dois grupos. O cortisol salivar das gestantes de alto risco foi significativamente mais elevado do que das gestantes baixo risco: (20,2 (±21,1) nmol/L vs 11,4(±16,2) nmol/L; p=0,007). CONCLUSÕES: a gestação de alto risco cursa com níveis mais elevados de cortisol quando comparada à gestação de baixo risco. O cortisol salivar, medido pelo EQL mostrou-se promissor para identificar o hipercortisolismo na gestação.

Palavras-chave : Cortisol; Gravidez; Gravidez de alto risco.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons