SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número4O "manejo de narrativas" em pesquisas qualitativas: estudo em um órgão regional de saúdeTeenage pregnancy as a risk factor for obstetric and perinatal complications at a hospital in Lima, Peru índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil

versão impressa ISSN 1519-3829

Resumo

MORAIS, Suelly Pinto Teixeira de; MOTA, Eduardo Luiz Andrade  e  AMORIM, Leila Denise A. F.. Fatores associados à incidência de maloclusão na dentição decídua em crianças de uma coorte hospitalar pública do nordeste brasileiro. Rev. Bras. Saude Mater. Infant. [online]. 2014, vol.14, n.4, pp.371-382. ISSN 1519-3829.  https://doi.org/10.1590/S1519-38292014000400007.

Objetivos:

estimar a incidência de maloclusão na dentição decídua e fatores associados na primeira infância.

Métodos:

estudo longitudinal com crianças nascidas na cidade de Feira de Santana, Bahia, acompanhadas por 36 meses. Taxas de incidência de maloclusão e razões de densidade de incidência (RDI), com correspondentes intervalos de 95% de confiança, foram obtidas para avaliar associação entre maloclusão e fatores associados. Modelos de regressão de Poisson foram ajustados para controle de confundimento.

Resultados:

verificou-se que 34,4% das crianças apresentaram maloclusão leve e 23,3% maloclusão moderada ou grave, totalizando 57,8% com algum grau de maloclusão aos três anos de idade. A taxa global de incidência de maloclusão foi de 27,2 casos por 100 crianças-ano. As crianças que sugaram chupeta ou dedo apresentaram risco de maloclusão maior quando comparadas com as crianças que não desenvolveram tais hábitos de sucção (RDI=1,99; IC95%= 1,26 - 3,26). Crianças que não foram amamentadas de forma exclusiva ou predominante por período igual a quatro meses tiveram um risco de maloclusão 1,5 vezes maior (IC95%= 0,99 - 2,25) quando comparadas com as crianças que mamaram de forma exclusiva ou predominante por este período.

Conclusões:

alerta-se profissionais de saúde para a necessidade de estímulo ao aleitamento materno e medidas para prevenir as maloclusões na primeira infância.

Palavras-chave : Maloclusão; Dentição decídua; Aleitamento materno; Incidência; Fatores de risco.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )