SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número2Identificação de genótipos de caupi Vigna unguiculata (L.) Walp. resistentes a Callosobruchus maculatus (Fabr.) (Coleoptera: Bruchidae)Efeito de extratos vegetais sobre estágios imaturos e fêmeas adultas de Mononychellus tanajoa (Bondar) (Acari: Tetranychidae) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Neotropical Entomology

versão impressa ISSN 1519-566Xversão On-line ISSN 1678-8052

Resumo

SANTOS, TEREZINHA M. DOS  e  BOICA JUNIOR, ARLINDO L.. Resistência de genótipos de algodoeiro (Gossypium hirsutum L.) a Alabama argillacea (Hübner) (Lepidoptera: Noctuidae). Neotrop. Entomol. [online]. 2001, vol.30, n.2. ISSN 1678-8052.  https://doi.org/10.1590/S1519-566X2001000200014.

Avaliou-se a resistência de onze genótipos de algodoeiro a A. argillacea, considerando-se aspectos biológicos das fases jovem e adulta deste inseto. Os ensaios foram realizados em câmara climatizada mantida a 25±1ºC, umidade relativa de 70±10% e fotofase de 12h. A duração do primeiro ínstar foi significativamente maior quando lagartas de A. argillacea alimentaram-se dos genótipos CNPA 94/139 e CNPA Precoce 1. Durante o segundo ínstar, as lagartas que se alimentaram do genótipo CNPA 94/139 apresentaram período significativamente menor. O intervalo de variação para a duração do terceiro e quarto ínstares foram, respectivamente, de 1,8 a 2,1 e 1,9 a 2,2 dias. As lagartas de A. argillacea que se alimentaram da cultivar CNPA Precoce 2 apresentaram uma duração do quinto ínstar de 4,9 dias. O peso médio das lagartas foi menor quando alimentadas com o genótipo CNPA Precoce 1. Os períodos pré-pupal e pupal apresentaram intervalo de variação de 1,0 a 1,9 e 7,8 a 8,7 dias, respectivamente. O intervalo de variação para a fase larval foi de 13,1 a 14,7 dias. Os genótipos CNPA Precoce 1, Precoce 2, 9211-18 e 9211-21 promoveram uma duração significativamente maior para o período larva-adulto. Durante as fases larval e larva-adulto, lagartas que consumiram folhas dos genótipos CNPA 9211-41 e CNPA 9211-31 apresentaram menor percentual de sobrevivência, respectivamente 64,2 e 60,7; 62,1 e 58,6%. Fêmeas de A. argillacea originadas de lagartas alimentadas com o genótipo CNPA Precoce 1 apresentaram menor período de oviposição e menor capacidade de postura. Concluiu-se que os genótipos CNPA 9211-31, CNPA Precoce 1, CNPA Precoce 2 e CNPA 9211-41 apresentaram resistência do tipo antibiose e/ou não-preferência para alimentação, enquanto que GL2 GL3 e CNPA 9211-29 foram suscetíveis ao curuquerê.

Palavras-chave : resistência de plantas; curuquerê do algodoeiro; biologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons