SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número2Aspectos biológicos do período embrionário dos curculionídeos-das-raízes dos citrosAnálise morfológica da glândula de veneno de Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae) em populações de Mato Grosso do Sul índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Neotropical Entomology

versão impressa ISSN 1519-566Xversão On-line ISSN 1678-8052

Resumo

SILVA, Laura A.; MAIMONI-RODELLA, Rita C.S.  e  ROSSI, Marcelo N.. Investigação preliminar da predação de sementes na fase de pré-dispersão por Acanthoscelides schrankiae Horn (Coleoptera: Bruchidae) em plantas de Mimosa bimucronata (DC.) Kuntze. Neotrop. Entomol. [online]. 2007, vol.36, n.2, pp.197-202. ISSN 1678-8052.  https://doi.org/10.1590/S1519-566X2007000200005.

Este é o primeiro registro de Acanthoscelides schrankiae Horn. predando sementes de Mimosa bimucronata (DC.) Kuntze. Investigou-se o padrão de oviposição e uso das sementes por A. schrankiae e a distribuição de frutos maduros e de predação na inflorescência. Também se comparou a matéria seca total e das sementes não predadas, a proporção de sementes predadas, e as taxas de aborto e de insetos não-emergentes, entre os diferentes quadrantes da copa de M. bimucronata. Para determinar as espécies ocorrentes, observou-se a emergência de bruquídeos e parasitóides, sendo que todos pertenciam às espécies A. schrankiae e Horismenus sp. (Hymenoptera: Eulophidae), respectivamente. O número médio de frutos produzidos na região mediana da inflorescência foi significativamente maior do que nas regiões inferior e superior, e as freqüências (observadas e esperadas) das sementes predadas e não predadas diferiram estatisticamente entre as diferentes regiões da inflorescência. As fêmeas de A. schrankiae depositavam seus ovos sobre os frutos e as larvas, ao eclodirem, perfuravam o exocarpo, alcançando as sementes. A maioria dos frutos possuía de um a três ovos, sendo que somente uma larva de bruquídeo se desenvolve em cada semente. O maior valor da razão "número de ovos/fruto" e a maior porcentagem de sementes predadas foram registrados em abril. A matéria seca total e das sementes não predadas, a proporção de sementes predadas, e as taxas de aborto e de predadores não-emergentes não diferiram significativamente entre os diferentes quadrantes das copas das árvores.

Palavras-chave : Fabaceae; Mimosoideae; herbivoria; interação inseto-planta.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons