SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número2Desempenho, crescimento e características de carcaça de linhagens alternativas de frangos de corte criados com acesso a piqueteUtilização de diferentes dietas na primeira alimentação de larvas de tambaqui índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal

versão On-line ISSN 1519-9940

Resumo

FERREIRA, Antônio Hosmylton Carvalho et al. Probiótico na alimentação de pós-larvas de tilápias-do-nilo submetidas a desafio sanitário. Rev. bras. saúde prod. anim. [online]. 2015, vol.16, n.2, pp.430-439. ISSN 1519-9940.  https://doi.org/10.1590/S1519-99402015000200017.

Objetivou-se avaliar o efeito da cepa probiótica Saccharomy cerevisiae na alimentação de pós-lavas de tilápias-do-nilo submetidas a desafio sanitário (fezes de ovinos). Foram selecionadas 300 pós-larvas, com média de peso e comprimentos uniformes. Os tratamentos consistiram de peixes cultivados em água limpa com ração comercial, em quantidade de 10% da biomassa, sem o uso de probiótico e peixes cultivados em água sob desafio sanitário, alimentados com ração comercial, em quantidade de 10% da biomassa e com o uso de probiótico (1,0g Kg-1). Para promover o desafio sanitário aos peixes, foram dissolvidos 50g de fezes de ovinos trituradas in naturaem 1000,0mL de água. Foram avaliadas as variáveis da qualidade da água para determinação imposta pelos dois tratamentos experimentais. Constatou-se efeito significativo (P<0,05) na concentração de fósforo total, pH e oxigênio dissolvido da água com fezes de ovinos, representando o desafio do meio, fato este essencial para a realização desse experimento. Não houve efeito significativo (P>0,05) nas variáveis de desempenho, sobrevivência e índice hepato-somático. As pós-larvas de tilápias-do-nilo alimentadas com ração contendo probiótico (1g.kg-1) submetidas a desafio sanitário proporcionam melhorias no desempenho, sobrevivência e índice hepatossomático equiparando-se aos peixes de água limpa sem o uso de probiótico.

Palavras-chave : ambiente; consumo; desempenho; piscicultura.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )