SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue3Native species exploited by marine aquarium trade in BrazilThe importance of protected areas for conservation of bare-faced curassow (Crax fasciolata spix, 1825) (Galliformes: Cracidae) in the São Paulo State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Biota Neotropica

Print version ISSN 1806-129XOn-line version ISSN 1676-0611

Abstract

KLUNK, Cristian Luan et al. Simples não significa pobre: campos e florestas abrigam riqueza similar e composições distintas de espécies de formiga em regiões altas do sul do Brasil. Biota Neotrop. [online]. 2018, vol.18, n.3, e20170507.  Epub July 23, 2018. ISSN 1676-0611.  https://doi.org/10.1590/1676-0611-bn-2017-0507.

Diversos estudos já foram realizados com comunidades de formigas nas regiões de Floresta Ombrófila Densa que ocorrem ao longo da costa do Brasil. Comparativamente menos é conhecido sobre as Florestas Ombrófilas Mistas e campos que ocorrem na parte meridional do domínio da Mata Atlântica. Neste estudo nós realizamos o primeiro levantamento padronizado de formigas no mosaico de florestas e campos que ocorre nas regiões altas de Santa Catarina. Nosso objetivo foi investigar e comparar a riqueza e composição de espécies entre florestas e campos na principal cordilheira do sul do Brasil. Formigas foram coletadas em dois anos com armadilhas de queda no solo e nas árvores, e com amostras de serapilheira. Sessenta espécies foram registradas, constituindo 22 novos registros para a região do Planalto Serrano e três para o estado de Santa Catarina: Eurhopalothrix depressa, Pheidole radoszkowskii e Wasmannia williamsoni. A composição de espécies diferiu significativamente entre florestas e campos, mas não houve diferença em riqueza de espécies, mesmo considerando o maior número de estratos nas florestas. Riqueza similar e pequeno número de espécies arbóreas sugere que esta comunidade é estruturada de modo semelhante às comunidades de regiões temperadas. Ambos os habitats apresentaram alta proporção de espécies exclusivas. O fato de que a composição foi diferente, somado à similaridade em riqueza de espécies entre habitats e ao registro de novas espécies, indica a necessidade de maiores esforços conservacionistas nos campos do Sul do Brasil, que ainda são pouco protegidos por unidades de conservação.

Keywords : Formicidae; Mata Atlântica; Floresta de Araucária; PPBio da Mata Atlântica; Eurhopalothrix depressa; Wasmannia williamsoni.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )