SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número2Índice preditivo baseado em filtros ambientais para o biomonitoramento de rios em bacias sem áreas de referência no bioma Mata Atlântica, BrasilArctiini Leach, [1815] (Lepidoptera, Erebidae, Arctiinae) da Amazônia Brasileira. III - Subtribo Ctenuchina Kirby, 1837 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Biota Neotropica

versão impressa ISSN 1806-129Xversão On-line ISSN 1676-0611

Resumo

OLIVEIRA, Renata Bley da Silveira de et al. Índice Multimétrico Preditivo baseado em macroinvertebrados para avaliação de riachos vadeáveis da Mata Atlântica. Biota Neotrop. [online]. 2019, vol.19, n.2, e20180541.  Epub 16-Maio-2019. ISSN 1676-0611.  https://doi.org/10.1590/1676-0611-bn-2018-0541.

Índices Multimétricos (MMIs) são ferramentas amplamente aplicadas ao monitoramento ecológico de ecossistemas aquáticos continentais. A maior dificuldade na utilização dos MMIs em amplas escalas espaciais consiste no aumento da variabilidade ambiental associado ao aumento da escala. A covariância entre os impactos antropogênicos e o gradiente ambiental natural pode atuar como fator de confusão, dificultando a avaliação das respostas biológicas às pressões antropogênicas. Este estudo consiste no desenvolvimento e validação de um índice multimétrico preditivo para avaliar a condição ecológica de riachos vadeáveis da Mata Atlântica, utilizando macroinvertebrados bentônicos. Todas as métricas biológicas foram ajustadas a variação natural através da análise de regressão múltipla (“stepwise-forward”) e a distribuição dos resíduos foi utilizada para descrever variação de cada métrica na ausência de gradiente ambiental natural. Para a seleção das métricas foram considerados critérios de normalidade da distribuição, variação explicada pelos modelos, redundância entre métricas e sensibilidade para diferenciar gradiente de impacto. Foram selecionadas cinco métricas para compor o índice final: riqueza total, %MOLD (Mollusca+Diptera), %Coleoptera, riqueza de EPT (Ephemeroptera+Plecoptera+Trichoptera) e abundância de Chironomidae. Os resíduos das métricas selecionadas foram transformados em probabilidades e o valor final do índice foi obtido através da média dessas probabilidades. O índice teve ótimo desempenho em discriminar o gradiente de impacto e mostrou alta correlação (r = 0.85, p <0.001) com um índice desenvolvido especificamente para uma das bacias, indicando sensibilidade similar. O índice desenvolvido nesse trabalho pode ser utilizado em todo o estado do Rio de Janeiro e acreditamos que este tipo de abordagem constitui uma contribuição importante para o desenvolvimento e implementação de um programa de monitoramento biológico no Brasil.

Palavras-chave : Biomonitoramento; Protocolo de Bioavaliação; ecossistemas aquáticos; macroinvertebrados.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )