SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue1A scale for measuring the importance of socio-environmental approach in business schoolsSwap, futures and options: the impact of derivatives usage on brazilian firms value author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


RAM. Revista de Administração Mackenzie

On-line version ISSN 1678-6971

Abstract

ANDRADE, Luiz Claudio Magnago; TEIXEIRA, Aridelmo José Campanharo; FORTUNATO, Graziela  and  NOSSA, Valcemiro. Determinantes para a utilização de práticas de contabilidade gerencial estratégica: um estudo empírico. RAM, Rev. Adm. Mackenzie [online]. 2013, vol.14, n.1, pp.98-125. ISSN 1678-6971.  https://doi.org/10.1590/S1678-69712013000100005.

Este estudo tem por objetivo identificar a intensidade da utilização de práticas de contabilidade gerencial estratégica (CGE) e a influência de algumas das principais variáveis contingenciais (estratégia e tamanho da empresa) que podem explicar essas práticas. As práticas de CGE constantes no estudo foram baseadas naquelas identificadas por Cadez e Guilding (2008), as variáveis estratégicas foram representadas por três abordagens conceituais diferentes (MILES; SNOW, 1978; PORTER, 1986; GUPTA; GOVINDARAJAN, 1984), e a classificação do tamanho da empresa baseou-se na receita operacional bruta anual, utilizada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES, 2009). A pesquisa foi realizada a partir de uma população de 27 empresas do ramo de educação profissional, com representatividade nacional, que atuam dentro de uma mesma governança, mas que possuem estratégias, tamanhos e desempenhos diferentes. A metodologia utilizada foi o levantamento de informações por meio de um questionário enviado aos responsáveis pelas áreas de planejamento ou de contabilidade. Os resultados indicam que "medição integrada do desempenho" e "custeio meta" representam práticas de CGE amplamente utilizadas, seguidas de "benchmarking", "precificação estratégica", "custeio estratégico", "avaliação e monitoramento da marca". Observou-se uma adoção abaixo da média de algumas práticas relacionadas a custos e clientes. Todas as práticas de CGE tiveram alto grau de percepção quanto à importância do uso. Para verificar a relação das práticas de CGE com as variáveis contingenciais, foi utilizada uma regressão ordered probit. Foi revelado que as abordagens estratégicas (padrão, missão e posicionamento) parecem desempenhar um papel contingente na utilização de práticas de CGE, evidência também confirmada para a variável "tamanho da empresa".

Keywords : Contabilidade gerencial; Contabilidade gerencial estratégica; Práticas de contabilidade gerencial estratégica; Estratégia; Estratégia empresarial.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License