SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.3 número2Description of a new species of skate of the genus Malacoraja Stehmann, 1970: the first species from the southwestern Atlantic Ocean, with notes on generic monophyly and composition (Chondrichthyes: Rajidae) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Neotropical Ichthyology

versão impressa ISSN 1679-6225versão On-line ISSN 1982-0224

Resumo

VARI, Richard P.; FERRARIS JR., Carl J.  e  PINNA, Mário C. C. de. The Neotropical whale catfishes (Siluriformes: Cetopsidae: Cetopsinae), a revisionary study. Neotrop. ichthyol. [online]. 2005, vol.3, n.2, pp.127-238. ISSN 1982-0224.  https://doi.org/10.1590/S1679-62252005000200001.

Os bagres da subfamília Cetopsinae, da família neotropical Cetopsidae, são revisados. Quatro gêneros, Cetopsidium novo gênero, Cetopsis, Denticetopsis,e Paracetopsis Bleeker são reconhecidos como válidos. Bathycetopsis, Hemicetopsis, e Pseudocetopsis são considerados sinônimos de Cetopsis, enquanto que Paracetopsis Eigenmann & Bean e Cetopsogiton sinônimos de Paracetopsis. Trinta e sete espécies são reconhecidas em Cetopsinae. Cetopsidium inclui seis espécies: C. ferreirai, nova espécie, rio Trombetas; C. minutum, rio Essequibo; C. morenoi, partes central e ocidental do río Orinoco; C. orientale, rios costeiros do Suriname e Guiana Francesa, e tentativamente rio Tocantins e rio Xingu; C. pemon, nova espécie, río Caura, río Caroni, río Meta, e rio Branco; e C. roae, nova espécie, rio Rupununi. Cetopsis inclui 21 espécies: C. amphiloxa, río San Juan, río Atrato, e río Patia, Colombia ocidental, e rios do noroeste do Equador; C. arcana, nova espécie, rio Tocantins; C. baudoensis, río Baudo; C. caiapo, nova espécie, rio Tocantins; C. candiru, bacia Amazônica; C. fimbriata, nova espécie, río Truando; C. coecutiens, rio Amazonas, rio Tocantins, e río Orinoco; C. gobioides, alto rio São Francisco, rio Paraná, río Uruguay, e rio Juquiá; C. jurubidae, río Jurubidá; C. montana, nova espécie, região ocidental da bacia Amazônica; C. motatanensis, bacia do Lago Maracaibo; C. oliveirai, bacia Amazônica; C. orinoco, río Orinoco, río Aroa, e río Yaracuy; C. othonops, río Magdalena e río Sinú; C. parma, bacia Amazônica ocidental; C. pearsoni, nova espécie, alto rio Madeira; C. plumbea, porção ocidental do rio Amazonas; C. sandrae, nova espécie, rio Tapajós; C. sarcodes, nova espécie, rio Tocantins; C. starnesi, nova espécie, noroeste do río de La Plata e sul do rio Madeira; e C. umbrosa, nova espécie, río Orinoco ocidental. Cetopsis chalmersi é sinônimo de C. gobioides. Cetopsis macroteronema é sinônimo de C. plumbea. Denticetopsis inclui sete espécies: D. epa, nova espécie, rio Tocantins; D. iwokrama, nova espécie, rio Siparuni; D. macilenta, rio Potaro; D. praecox, río Baria; D. royeroi, alto río Negro; D. sauli, alto río Negro; e D. seducta, nova espécie, porção ocidental do rio Amazonas e río Orinoco. Paracetopsis compreende três espécies: P. atahualpa, nova espécie, río Tumbes, noroeste do Peru, e río Zarumilla, sudoeste do Equador; P. bleekeri, río Guayas e río Santa Rosa, sudoeste do Equador; e P. esmeraldas, nova espécie, rios do noroeste do Equador. Cetopsis ventralis e C. occidentalis são sinônimos de Paracetopsis bleekeri. Um neótipo é designado para Paracetopsis bleekeri Bleeker. Lectótipos são designados para Cetopsis candiru, Cetopsis chalmersi e Cetopsis plumbeus.

Palavras-chave : Paracetopsis; Cetopsis; Denticetopsis; Cetopsidium; new species; South America.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons