SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 número3Feeding ecology of Auchenipterichthys longimanus (Siluriformes: Auchenipteridae) in a riparian flooded forest of Eastern Amazonia, BrazilGape size influences seasonal patterns of piscivore diets in three Neotropical rivers índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Neotropical Ichthyology

versão impressa ISSN 1679-6225

Resumo

CORREA, Carlos Eduardo; ALBRECHT, Miriam Pilz  e  HAHN, Norma Segatti. Patterns of niche breadth and feeding overlap of the fish fauna in the seasonal Brazilian Pantanal, Cuiabá River basin. Neotrop. ichthyol. [online]. 2011, vol.9, n.3, pp.637-646. ISSN 1679-6225.  https://doi.org/10.1590/S1679-62252011000300017.

Foram investigadas variações espaço-temporais nos padrões de amplitude de nicho e sobreposição alimentar da ictiofauna de uma região do Pantanal, com o objetivo de determinar os fatores responsáveis pela coexistência das espécies. Os peixes foram coletados no rio Cuiabá e na lagoa Chacororé, na região superior do Pantanal de Mato Grosso, Brasil, durante um ciclo hidrológico (março de 2000 a fevereiro de 2001) (designada unidade espaço-temporal). De modo geral, a ictiofauna apresentou baixos valores de amplitude de nicho trófico, sendo que as médias variaram entre 0,2 e 0,3 e não apresentaram diferenças significativas. Os valores de sobreposição alimentar foram igualmente baixos, entre 0 e 0,4 e as medianas em cada unidade espaço-temporal foram inferiores a 0,05, sendo que as diferenças não foram significativas. Os maiores e menores valores médios foram observados na lagoa, durante a seca e cheia, respectivamente, sendo essas diferenças significativas. Os valores médios de sobreposição alimentar foram significativamente maiores do que os esperados ao acaso no modelo nulo, usando tanto a opção de zeros embaralhados (RA3) quanto a de zeros retidos (RA4). Assim, os padrões de forrageamento das espécies mostraram evidência de compartilhamento de recursos alimentares. A variância acompanhou o mesmo padrão da sobreposição de nicho, sendo aquela observada sempre maior que a esperada ao acaso, indicando que a ictiofauna, de modo geral, é estruturada em guildas. Assim, os resultados desse estudo sugerem que o compartilhamento de recursos alimentares permite a coexistência das diferentes espécies.

Palavras-chave : Coexistence; Diet; Fishes; Floodplain; Pantanal.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons