SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue1Spatial patterns of diversity at local and regional scales in a tropical lagoonEffect of abiotic variables on fish eggs and larvae distribution in headwaters of Cuiabá River, Mato Grosso State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Neotropical Ichthyology

Print version ISSN 1679-6225

Abstract

XAVIER, Josias Henrique de Amorim et al. Fish assemblage of the Mamanguape Environmental Protection Area, NE Brazil: abundance, composition and microhabitat availability along the mangrove-reef gradient. Neotrop. ichthyol. [online]. 2012, vol.10, n.1, pp.109-122. ISSN 1679-6225.  https://doi.org/10.1590/S1679-62252012000100011.

Recifes, manguezais e bancos de fanerógamas marinhas são biótopos frequentemente associados, formando um ecossistema complexo e altamente produtivo que proporciona significativos bens e serviços ecológicos e econômicos. Diferentes impactos antrópicos estão crescentemente afetando esses habitats costeiros tropicais, trazendo preocupações acerca de sua conservação. Neste estudo de campo, utilizamos uma técnica de censo visual subaquático (transecções de 50 x 2 m) para investigar as interações entre os peixes e microhabitats no complexo estuarino-recifal de Mamanguape, no Nordeste do Brasil. Entre outubro de 2007 e setembro de 2008 foram realizadas 144 transecções para avaliar a estrutura da assembleia de peixes. Grupos tróficos e estágios de vida dos peixes (jovens e adultos) foram registrados segundo a literatura, enquanto a porcentagem de cobertura do substrato foi estimada através do método de pontos de contato. Nossos resultados mostraram que a composição da ictiofauna mudou gradualmente da Zona Estuarina para a Zona Recifal, e que a assembleia de peixes esteve fortemente relacionada com a disponibilidade de microhabitats - como sugerido pela predominância de carnívoros na zona estuarina e presença de herbívoros na zona recifal. A abundância e diversidade de peixes foram maiores na zona recifal e nas margens do estuário, destacando a importância da complexidade estrutural. O padrão de uso da área como berçário, com indivíduos maiores nas zonas de transição e recifal, e os menores na zona estuarina, foi registrado para Abudefduf saxatilis, Anisotremus surinamensis, Hippocampus reidi, Lutjanus alexandrei e Lutjanus jocu. Nossos resultados sugerem que há conectividade entre os biótopos de manguezal, bancos de fanerógamas e recifes, e destacam a importância do Sistema Manguezal-Recife de Mamanguape como uma área prioritária para conservação e pesquisa, cujos mosaicos de habitats devem ser ainda estudados e protegidos.

Keywords : Conservation; Conservation unit; Ichthyofauna; Nursery habitats.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License