SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue1Fishermen's local ecological knowledge on Southeastern Brazilian coastal fishes: contributions to research, conservation, and managementReproductive and feeding biology of Acestrorhynchus pantaneiro Menezes, 1992 (Osteichthyes: Acestrorhynchidae) in areas under the influence of dams in the upper Uruguay River, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Neotropical Ichthyology

Print version ISSN 1679-6225

Abstract

DUARTE-NETO, Paulo; HIGA, Fábio M.  and  LESSA, Rosangela P.. Age and growth estimation of bigeye tuna, Thunnus obesus (Teleostei: Scombridae) in the southwestern Atlantic. Neotrop. ichthyol. [online]. 2012, vol.10, n.1, pp.148-158. ISSN 1679-6225.  http://dx.doi.org/10.1590/S1679-62252012000100014.

A proposta do presente estudo foi fornecer a primeira informação sobre idade e crescimento de Thunnus obesus, capturado no Atlântico sudoeste equatorial usando espinhos dorsais, uma abordagem que tem sido utilizada com sucesso na determinação de idade de espécies de atuns. O estudo foi conduzido usando uma inferência de multi-modelos baseada na teoria de informação avaliada para dados de comprimento por idade retrocalculados e observados. Incertezas associadas aos parâmetros foram verificadas e os resultados foram comparados aos de outros estudos realizados para esta espécie, considerando os contextos estatísticos e metodológicos. As amostras foram coletadas na cidade de Natal (estado do Rio Grande do Norte, Brasil) de fevereiro de 1999 a janeiro de 2000, provenientes de embarcações comerciais e também prospecções, cujo objetivo foi prover informações sobre a Zona Econômica Exclusiva (ZEE) na área do entorno do Arquipélago de São Pedro e São Paulo. A validação usando incremento marginal indicou a deposição de um anel anual. Os comprimentos médios por idade variaram entre 54.3 a 175.7 cm (comprimento furcal) para idades de 1 a 9 anos. Os modelos Von Bertalanffy, Richards e Gompertz foram considerados adequados para a albacora bandolim e, desta forma, o comprimento assintótico para um modelo médio (¯L) foi estimado. O modelo médio gerado no presente estudo a partir dos comprimentos retrocalculados foi considerado apropriado para descrever o crescimento de T. obesus capturada no Atlântico.

Keywords : Ageing techniques; Dorsal-fin spine; Growth parameters; Multi-model inference.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License