SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número5Fatores de risco para readmissão hospitalar de crianças e adolescentes asmáticos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Brasileiro de Pneumologia

versão impressa ISSN 1806-3713versão On-line ISSN 1806-3756

Resumo

MATTOS, Waldo et al. Estudo comparativo entre o manejo da asma em uma unidade de referência da rede pública de Porto Alegre (RS) e as proposições do III Consenso Brasileiro no Manejo da Asma. J. bras. pneumol. [online]. 2006, vol.32, n.5, pp.385-390. ISSN 1806-3756.  https://doi.org/10.1590/S1806-37132006000500003.

OBJETIVO: Avaliar se as diretrizes do III Consenso Brasileiro no Manejo da Asma estão sendo aplicadas em uma população de asmáticos em um hospital de referência da rede pública de Porto Alegre (RS). MÉTODOS: Todos os pacientes adultos que iniciaram tratamento entre 1999 e 2002 foram avaliados. O tratamento recebido foi classificado em concordante ou discordante do Consenso. As características clínicas da asma e a freqüência do tratamento por especialista foram comparadas entre os grupos. RESULTADOS: Foram avaliados os prontuários de 357 pacientes, com média de idade de 41 anos, sendo 106 homens (29,7%) e 251 mulheres (70,3%), 33 tabagistas (9,2%). O tratamento foi considerado discordante em 246 pacientes (70%), sendo que, neste grupo, houve ausência de tratamento com corticóide inalatório em pacientes com asma persistente em 174 deles (71%). Volume expiratório forçado no primeiro segundo normal, idade entre doze e dezoito anos e asma intermitente foram observados com maior freqüência entre os pacientes com tratamento concordante (p < 0,01). Tratamento discordante não teve correlação com tratamento por pneumologista, gravidade da asma persistente ou número de visitas à emergência. CONCLUSÃO: A maioria dos pacientes com asma tratados em uma unidade de referência da rede pública em Porto Alegre não faz o tratamento preconizado pelos consensos e o subtratamento com corticóide inalatório é a principal causa de discordância.

Palavras-chave : Asma [terapia]; Consenso; Estudo comparativo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons