SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 número2Desenvolvimento, perfil sensorial e propriedades físico-químicas de néctar de jabuticaba com polpa de jussara liofilizadaPigmentos fotossintéticos e trocas gasosas de repolho roxo e verde sob plantio direto e convencional índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Ciência Agronômica

versão impressa ISSN 0045-6888versão On-line ISSN 1806-6690

Resumo

PELLEGRINI, Luiz Gustavo de et al. Propriedades físico-químicas da carne de cordeiros confinados com níveis de caroço de algodão na dieta. Rev. Ciênc. Agron. [online]. 2020, vol.51, n.2, e20176009.  Epub 27-Jul-2020. ISSN 1806-6690.  https://doi.org/10.5935/1806-6690.20200036.

Objetivou-se avaliar o efeito dos níveis de caroço de algodão (0; 100; 200; 300 e 400 g Kg-1) na terminação de cordeiros sobre os parâmetros físicos e químicos da carne. Utilizou-se 45 cordeiros, machos, não castrados, distribuídos ao acaso em delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos e nove repetições cada. Os valores de pH, não foram influenciados pelos níveis de caroço de algodão. Os teores de lipídios e cinzas apresentaram diferença significativa, mas não foram ajustados pelas equações lineares ou quadráticas. As variáveis perdas por descongelamento e coesividade aumentaram, e a atividade de água e capacidade de retenção de água diminuíram com o incremento de caroço de algodão na dieta. Já os tocoferóis, perdas por cocção, dureza e mastigabilidade foram ajustados através de equações quadráticas. Na avaliação instrumental de cor o L*, b* e h° demonstraram comportamento linear crescente. Logo a inclusão de até 400 g de caroço de algodão na dieta influencia a composição físico-química e na cor da carne produzida.

Palavras-chave : Alimentação; Gossipol; longissimus dorsi; Qualidade.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )