SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número2Espacialização de perdas e da qualidade do feijão em colheita semimecanizadaAvaliação da resistência de cultivares de Vitis rotundifolia à pérola-da-terra (Hemiptera: Margarodidae) na região sul do Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Scientiarum. Agronomy

versão On-line ISSN 1807-8621

Resumo

GRECO, Marcelo; CAMPOS, Alessandro Torres  e  KLOSOWSKI, Elcio Silvério. Perdas térmicas em secador de café. Acta Sci., Agron. [online]. 2010, vol.32, n.2, pp.209-212. ISSN 1807-8621.  https://doi.org/10.4025/actasciagron.v32i2.3676.

Este trabalho teve como objetivo avaliar a redução da temperatura nas partes externas de um secador de camada fixa para café, mediante diferentes combinações de tempo de revolvimento, utilizando-se termômetro sem contato. O experimento foi desenvolvido no mês de junho de 2004 em uma propriedade localizada em Jesuítas, Estado do Paraná. Foi utilizado café (Coffea arabica L.), variedade IAC 81. O secador utilizado foi o modelo de camada fixa, com câmara de secagem metálica, de formato cilíndrico, com um sistema de revolvimento de grãos adaptado. Observou-se que houve, em média, uma redução térmica de 156,7ºC (79,1%) no sistema que vai da fornalha até a câmara de secagem. A combinação que proporcionou menor redução da temperatura foi a com ventilação contínua e revolvimento de 40 min. a cada 3h até o fim do processo. A combinação que proporcionou maior redução de temperatura foi a com revolvimento contínuo, com redução de 81,09% na temperatura superficial do produto.

Palavras-chave : perda de temperatura; secagem; café; camada fixa.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons