SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número1Toxicidade do alumínio em raízes de plântulas de leguminosas forrageiras avaliada por análise topológicaEfeito nas características químicas do solo e produtividade do algodoeiro em função de sulfato de amônio e plantas de cobertura índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Scientiarum. Agronomy

versão On-line ISSN 1807-8621

Resumo

ORTIZ, Thiago Alberto; MORITZ, Aline; OLIVEIRA, Mariana Alves de  e  TAKAHASHI, Lúcia Sadayo Assari. Potencial hidrogeniônico e fungicida na germinação de sementes de pitaya. Acta Sci., Agron. [online]. 2015, vol.37, n.1, pp.69-74. ISSN 1807-8621.  http://dx.doi.org/10.4025/actasciagron.v37i1.18088.

O trabalho teve como objetivo avaliar a germinação de sementes de pitaya submetidas a diferentes potenciais hidrogeniônicos, com ou sem fungicida. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 13 x 2, correspondente a três espécies de pitaya (pitaya branca, pitaya híbrida I e pitaya híbrida II), treze potenciais hidrogeniônicos (3,0; 3,5; 4,0; 4,5; 5,0; 5,5; 6,0; 6,5; 7,0; 7,5; 8,0; 8,5 e 9,0) e dois níveis de fungicida (presença e ausência), com quatro repetições. Foram avaliados a porcentagem de germinação, o índice de velocidade e o tempo médio de germinação. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Scott-Knott (p < 0,05). O pH influenciou o índice de velocidade de germinação da pitaya branca. O tempo médio de germinação foi alterado pelos níveis de pH para a pitaya branca e híbrida II. O fungicida não favoreceu a porcentagem de germinação das espécies avaliadas.

Palavras-chave : Hylocereus undatus; H. costaricensis; carboxim+thiran; vigor; viabilidade; qualidade fisiológica.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )