SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número3Desempenho de bovinos não castrados e castrados alimentados com três níveis de concentrado na dieta índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Scientiarum. Animal Sciences

versão On-line ISSN 1807-8672

Resumo

OLIVEIRA, Euclides Reuter de et al. Desempenho de novilhos suplementados com misturas minerais na região de Mato Grosso. Acta Sci., Anim. Sci. [online]. 2014, vol.36, n.3, pp.329-336. ISSN 1807-8672.  https://doi.org/10.4025/actascianimsci.v36i3.22499.

O presente experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar o efeito de suplementações sobre o desempenho produtivo e parâmetros econômicos de novilhos de corte, em fase de recria, manejados em pastagens durante a época da seca. Foram utilizados 24 novilhos castrados, com idade e peso médios de 18 meses e de 269 kg, respectivamente. Foram avaliados os seguintes tratamentos: pastagem sem minerais (P); pastagem e sal mineralizado (PSM) e pastagem e sal mineralizado mais ureia (PSMU). A composição bromatológica caracterizou-se por baixos conteúdos de proteína bruta e altos valores de fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido para forragens amostradas na forma de coleta completa comparada com a técnica de simulação de pastejo. Os animais sob os tratamentos com suplementação mineralizada mais ureia apresentaram ganhos de peso diários médios superiores (p < 0,05) ao daquele submetido apenas à pastagem. No entanto, quando o peso médio foi expresso em peso metabólico apenas o tratamento com ureia apresentou superioridade nos dados (p < 0,05). A suplementação de animais em pastejo mostrou-se uma técnica economicamente rentável, sendo que a utilização de sal mineralizado com ureia no período seco possibilita melhor desempenho a custos viáveis.

Palavras-chave : bovinos; avaliação econômica; produção; ureia.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons