SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue3CORRELATION BETWEEN OBESITY, SAGITTAL BALANCE AND CLINICAL OUTCOME IN SPINAL FUSIONHIGH DEGREE SPONDYLOLISTHESIS IN ADULTS: MONOSEGMENTAL REDUCTION AND FIXATION author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Coluna/Columna

Print version ISSN 1808-1851On-line version ISSN 2177-014X

Abstract

PETERSEN, Pedro Araujo et al. CIFOSECTOMIA EM PACIENTES COM MIELOMENINGOCELE: RESULTADOS CIRÚRGICOS E COMPLICAÇÕES. Coluna/Columna [online]. 2015, vol.14, n.3, pp.190-193. ISSN 2177-014X.  https://doi.org/10.1590/S1808-185120151403114272.

Objetivos:

A cifose lombar em pacientes com mielomeningocele é uma deformidade complexa cujo tratamento é eminentemente cirúrgico. O objetivo deste estudo é resumir os resultados e complicações obtidos pela equipe, em 2012, com relação a esse grupo de pacientes.

Método:

Foi feita análise retrospectiva dos prontuários e radiografias de pacientes operados consecutivamente em 2012. A técnica utilizada foi descrita originalmente por Dunn-McCarthy e consiste em cifosectomia e fixação posterior utilizando-se hastes moldadas em "S" através dos forames de S1 associados a parafusos pediculares na coluna torácica.

Resultados:

Foram incluídos seis pacientes no estudo. A idade à realização da cirurgia foi de 11 anos e 7 ± 22 meses e o peso foi 29,1 ± 11,9 kg. O procedimento durou 271 ± 87 minutos, com a retirada de uma ou duas (média de 1,5) vértebras do ápice da cifose. O tempo de internação foi de 10 ± 9 dias. A cifose lombar que media 116,3 ± 37 graus no pré-operatório foi reduzida para 62,5 ± 21 graus. Todos os pacientes passaram a sentar sem apoio e a deitar na posição supina. Quatro pacientes evoluíram com infecção pós-operatória e necessitaram de limpeza cirúrgica no seguimento. Um paciente teve o implante retirado após um ano, devido à soltura da haste no sacro.

Conclusão:

A técnica cirúrgica utilizada permite resultados funcionais excelentes na correção da cifose lombar em pacientes com mielomeningocele, apesar das altas taxas de complicações. É preciso realizar estudos com maior número de pacientes e tempo de seguimento para se avaliar se a utilização de parafusos pediculares diminuirá a taxa de soltura e pseudoartrose.

Keywords : Mielomeningocele; Parafusos pediculares; Cifose; Cirurgia geral; Complicações pós-operatórias.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )