SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número1Resolução eletrônica de conflitos em agências reguladorasO FUTURO DOS ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA (E DOS ADVOGADOS) NA ERA DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Direito GV

versão On-line ISSN 2317-6172

Resumo

ANDRADE, Mariana Dionísio de; ROSA, Beatriz de Castro  e  PINTO, Eduardo Régis Girão de Castro. Legal tech: analytics, inteligência artificial e as novas perspectivas para a prática da advocacia privada. Rev. direito GV [online]. 2020, vol.16, n.1, e1951.  Epub 23-Mar-2020. ISSN 2317-6172.  http://dx.doi.org/10.1590/2317-6172201951.

Esta pesquisa tem como objetivo responder ao seguinte questionamento: de que maneira a inteligência artificial e plataforma Litigation Analytics podem contribuir para a prática da advocacia privada? Para responder ao questionamento, é necessário conhecer o impacto do contínuo desenvolvimento da inteligência artificial para a prática jurídica e os benefícios da aplicação das novas tecnologias em um contexto legal tech, o que inclui o uso de ferramentas como o sistema E-SAJ. É essencial que haja complementaridade entre as pesquisas quantitativa e qualitativa, justamente para que seja possível interpretar os dados e replicar os métodos de cada estudo. Para construir a pesquisa, foi utilizada a abordagem teórico-analítica para relacionar a inteligência artificial e os sistemas de automação presentes no cotidiano do Poder Judiciário brasileiro à atuação profissional da advocacia privada. A pesquisa é exploratória, e os procedimentos adotados seguem uma abordagem qualitativa. É possível concluir que mecanismos de inteligência artificial baseados em plataformas analytics tendem a conferir maior previsibilidade para a advocacia privada, porque possibilitam a avaliação sobre as chances aproximadas de recepção das demandas, definição mais adequada de custos envolvidos, melhor desenho de estratégias para a argumentação jurídica e, principalmente, melhor compreensão dos padrões de comportamento presentes nos julgamentos.

Palavras-chave : Inteligência artificial; legal tech; analytics aplicada à prática jurídica; Sistema de Automação da Justiça (SAJ); Litigation Analytics.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )