SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número1Queixas musculoesqueléticas no ombro: características dos usuários e dos atendimentos na atenção primáriaProfissionais da saúde que atuam em ambiente hospitalar têm alta prevalência de fadiga e dorsalgia: estudo transversal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Fisioterapia e Pesquisa

versão impressa ISSN 1809-2950versão On-line ISSN 2316-9117

Resumo

TEIXEIRA, Emille Prates et al. Problema crônico de coluna/dor nas costas em população quilombolas de região baiana, nordeste brasileiro. Fisioter. Pesqui. [online]. 2019, vol.26, n.1, pp.85-90. ISSN 2316-9117.  https://doi.org/10.1590/1809-2950/18024126012019.

O objetivo deste estudo foi estimar a prevalência de problemas crônicos de coluna ou dor nas costas (PCC/DC), os fatores sociodemográficos e de estilo de vida e as doenças crônicas associadas em adultos quilombolas. Foi realizado estudo epidemiológico, populacional e seccional, com amostra representativa de uma região de um estado nordestino. Os dados foram coletados por meio de entrevista com formulário padronizado. A análise estatística consistiu na regressão de Poisson robusta, com cálculo das razões de prevalência, intervalo de confiança (95%) e nível de significância inferior a 5%. A prevalência de PCC/DC foi de 50,5% (intervalo de confiança - IC95%: 47,1:53,9), independentemente associada ao grupo etário, à qualidade do sono, à saúde autorreferida, à deficiência locomotora e aos distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (Dort). Houve maior probabilidade de exposição aos PCC/DC para os quilombolas com idade >40 anos, má qualidade do sono, pior saúde autorreferida, diagnóstico de Dort e deficiência locomotora.

Palavras-chave : Grupo com Ancestrais do Continente Africano; Coluna Vertebral; Inquéritos Epidemiológicos.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )