SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número2Cultura urbana, linguagem visual e publicidade nos tempos do Rio Moderno índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação

versão impressa ISSN 1809-5844

Resumo

SOUSA, Jorge Pedro; LIMA, Maria Érica de Oliveira; TUNA, Sandra  e  TEIXEIRA, Patrícia Oliveira. António Rodrigues Sampaio e a imprensa clandestina da Patuleia (1846-1847). Intercom, Rev. Bras. Ciênc. Comun. [online]. 2011, vol.34, n.2, pp.17-36. ISSN 1809-5844.  http://dx.doi.org/10.1590/S1809-58442011000200002.

A guerra civil da Patuleia travou-se, em Portugal, entre 8 de outubro de 1846 e 29 de junho de 1847. Nela digladiaram-se as principais forças organizadas da sociedade portuguesa de então: constitucionais, cartistas e absolutistas. Surgiu, nesse contexto, uma forte imprensa clandestina, em especial em Lisboa, sede do poder cartista governamental. O Eco de Santarém e O Espectro foram os mais importantes periódicos constitucionais clandestinos publicados na capital do Reino. Redigidos quase integralmente pelo principal jornalista político português do século 19, António Rodrigues Sampaio, um homem que haveria de chegar a presidente, demonstram a vitalidade dos revolucionários. Neste trabalho, apresentam-se ambos os jornais e analisa-se o seu discurso, centrado na guerra e nos ataques pessoais, sustentando-se, em particular, que serviram a causa Patuleia, dando expressão pública às ideias dos rebeldes, e que apesar de terem beneficiado da extraordinária coragem do seu autor, não foram o produto da acção de um homem só.

Palavras-chave : António Rodrigues Sampaio; Jornalismo político; Imprensa clandestina; Portugal; Patuleia.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons