SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número2Cultura urbana, linguagem visual e publicidade nos tempos do Rio Moderno2 Vezes 5 Vezes Favela: aproximações e distanciamentos do cinema brasileiro índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação

versão impressa ISSN 1809-5844

Resumo

JACOBUS, Rodrigo  e  GOLIN, Cida. Um nobre bufão no reino da grande imprensa: a construção da personagem Barão de Itararé na paródia jornalística do semanário A Manha (1926-1935). Intercom, Rev. Bras. Ciênc. Comun. [online]. 2011, vol.34, n.2, pp.55-74. ISSN 1809-5844.  https://doi.org/10.1590/S1809-58442011000200004.

O Barão de Itararé figura entre as mais antológicas criações do jornalista Apparício Torelly (1895-1971) no semanário humorístico A Manha (1926-1959). Por meio de pesquisa bibliográfica e da narratologia como método, este artigo tem como objetivo analisar a construção hiperbólica do Barão de Itararé, projeção fictícia de Torelly n'A Manha, dispositivo paródico da grande imprensa da época. Em 20 textos selecionados nas mais de 450 narrativas publicadas entre 1926 e 1935, demarca a metamorfose da personagem nos diversos títulos que assumiu (nosso querido diretor, marechal-almirante, Barão, Duque, Grão-Duque e Imperador). Conclui que, nas páginas de A Manha, Torelly vestiu a fantasia de um bufão-mor da cena política brasileira, armando uma contundente sátira aos diversos setores hegemônicos da sociedade de então e suas relações com a imprensa. Na sua obra longeva, o jornalista teceu uma importante matriz da narrativa humorística crítica.

Palavras-chave : Barão de Itararé; Apparício Torelly; Jornal A Manha; Paródia jornalística; Grande Imprensa.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons