SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número1A guerra gaúcha: o Cinema argentino no Brasil (1935 - 1945)'Troca de Família': espiando as famílias, enxergando a sociedade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação

versão impressa ISSN 1809-5844versão On-line ISSN 1980-3508

Resumo

LAPERA, Pedro Vinicius Asterito. Ressonâncias da Tropicália no cinema brasileiro: uma análise comparada de 'Macunaíma' e 'Tenda dos Milagres'. Intercom, Rev. Bras. Ciênc. Comun. [online]. 2016, vol.39, n.1, pp.159-176. ISSN 1980-3508.  https://doi.org/10.1590/1809-5844201619.

Por meio da análise fílmica e da documentação referente à recepção de Macunaíma (Joaquim Pedro de Andrade, 1969) e de Tenda dos Milagres (Nelson Pereira dos Santos, 1976), avaliaremos como o debate sobre raça e etnicidade foi articulado no campo do cinema brasileiro por seus intelectuais após o golpe civil-militar de 1964. Partindo de uma pesquisa bibliográfica inicial sobre o tema, elegemos como foco a apropriação das conquistas estéticas da Tropicália pelos intelectuais ligados ao cinema brasileiro. O objetivo de reunir filmes não tão próximos no mesmo artigo é avaliar o efeito temporal sobre o papel dos intelectuais na transformação do debate sobre raça e etnicidade no campo do cinema brasileiro. Desse modo, enquanto Macunaíma fez parte do "momento tropicália", Tenda dos Milagres aproveitou os ganhos estéticos do movimento, ressoando posteriormente a guinada no papel dos intelectuais no campo do cinema brasileiro.

Palavras-chave : Cinema brasileiro; Raça; Etnicidade; Macunaíma; Tenda dos Milagres.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )