SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número2INVESTIGAÇÃO DO EQUILÍBRIO CORPORAL EM IDOSOS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia

versão On-line ISSN 1981-2256

Resumo

BENEDETTI, Tânia R. Bertoldo; BINOTTO, Maria Angélica; PETROSKI, Edio Luiz  e  GONCALVES, Lúcia Hisako Takase. ATIVIDADE FÍSICA E PREVALÊNCIA DE QUEDAS EM IDOSOS RESIDENTES NO SUL DO BRASIL. Rev. bras. geriatr. gerontol. [online]. 2008, vol.11, n.2, pp.145-154. ISSN 1981-2256.  https://doi.org/10.1590/1809-9823.2008.11022.

O objetivo do estudo foi investigar a relação entre os níveis de atividade física e a prevalência de quedas em idosos residentes em Florianópolis, SC, Brasil. Trata-se de estudo com amostragem do tipo probabilística e estratificada por setor censitário e sexo, com 875 idosos. Os instrumentos adotados para a coleta de dados foram o Questionário Brazil Old Age Schedule (BOAS) e o Questionário Internacional de Atividades Físicas (IPAQ). Os resultados apontaram que 59,3% dos idosos eram considerados mais ativos. Idosos com acometimento de quedas durante o período de três meses que antecederam a entrevista foram 11,4%, dos quais a maioria era mais ativa. Houve associação estatística entre quedas e as variáveis: problemas nos pés (p=0,002) e articulações (p=0,006). Sendo assim, conclui-se que a educação para os cuidados de prevenção de quedas se faz necessária, ao mesmo tempo em que se estimulem atividades físicas livres de riscos entre a população idosa.

Palavras-chave : idoso; atividade motora; acidentes por quedas; prevalência; estudos transversais; amostragem estratificada; probabilidade; questionários; Florianópolis, SC, Brasil.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )