SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 suppl.1Effect of school-based intervention on diet in high school studentsChanges in lifestyle and self-rated health among high school students: A prospective analysis of the "Saúde na Boa" project author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano

On-line version ISSN 1980-0037

Abstract

SOUSA, Thiago Ferreira de et al. Efeitos de uma intervenção sobre a obesidade geral e abdominal em escolares: projeto Saúde na Boa. Rev. bras. cineantropom. desempenho hum. [online]. 2014, vol.16, suppl.1, pp.46-54. ISSN 1980-0037.  https://doi.org/10.5007/1980-0037.2014v16s1p46.

Embora os estudos demonstrem que o ambiente escolar seja um contexto favorável para a prevenção da obesidade, há ainda relativa escassez de pesquisas relacionadas à prevenção do ganho de peso em jovens. O objetivo do estudo foi avaliar a efetividade de uma intervenção sobre a obesidade geral e abdominal em escolares do Ensino Médio do período noturno de duas capitais brasileiras: Florianópolis e Recife. Trata-se de um estudo de intervenção randomizado e controlado, desenvolvido de março a dezembro de 2006. Os indicadores de obesidade selecionados foram o índice de massa corporal (IMC), perímetro da cintura (PC) e a razão cintura-estatura (RCE). As análises foram conduzidas mediante utilização dos testes qui-quadrado e McNemar. Na linha de base, foram incluídos 2.155 escolares e 989 foram reavaliados no período pós-intervenção. No grupo intervenção, após nove meses se constatou estabilização da frequência de obesidade geral pelo IMC (linha de base: 3,8%; pós-intervenção: 4,3%) e abdominal pelo RCE (linha de base: 9,5%; pós-intervenção: 10,4%). Contudo, houve aumento da obesidade abdominal pelo PC ao considerar a intenção de tratar (linha de base: 5,4%; pós-intervenção: 7,9%). No grupo controle, foram verificados incrementos na frequência de obesidade geral (linha de base: 3,8%; pós-intervenção: 4,7%) e abdominal, tanto pela RCE (linha de base: 8,1%; pós-intervenção: 9,7%) como pelo PC (linha de base: 6,1%; pós-intervenção: 8,2%). A intervenção do estudo Saúde na Boa contribuiu para a estabilização da prevalência de obesidade geral e abdominal.

Keywords : Adolescente; Estudos de Intervenção; Obesidade; Obesidade central.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )