SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número1Maior aptidão cardiorrespiratória e muscular emmeninos não pode ser atribuída à atividade física, práticaesportiva ou comportamento sedentário em jovensTracking da atividade física em adolescentes entre 2010 e 2014 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano

versão impressa ISSN 1415-8426versão On-line ISSN 1980-0037

Resumo

LIMA, Luiz Rodrigo Augustemak de et al. Imagem corporal e indicadores antropométricos emadolescentes vivendo com HIV. Rev. bras. cineantropom. desempenho hum. [online]. 2018, vol.20, n.1, pp.53-63. ISSN 1980-0037.  https://doi.org/10.5007/1980-0037.2018v20n1p53.

Objetivou-se comparar a imagem corporal e os indicadores antropométricos entre adolescentes vivendo com HIV e sem o diagnóstico da infecção (grupo controle). Além disso, foram testadas associações entre variáveis antropométricas, infecção / tratamento, maturação sexual e sociodemográficas com a imagem corporal em adolescentes vivendo com HIV. Participaram 111 adolescentes com idade de 10 a 15 anos, divididos em adolescentes que vivem com HIV (n = 57) e controles (n = 54). A imagem corporal foi investigada a partir da escala de oito silhuetas corporais. As medidas antropométricas realizadas foram massa corporal, estatura, perímetros e dobras cutâneas. Foi encontrado que 54,4% dos adolescentes que vivem com o HIV estavam insatisfeitos com a imagem corporal, sendo que 38,6% indicaram insatisfação por magreza. Por outro lado, adolescentes do grupo controle demonstraram insatisfação com a imagem corporal por excesso de peso (40,74%). Não foi encontrada diferença entre o grupo HIV e controle para os indicadores antropométricos analisados. O sexo (β = -0,52), a idade (β = 0,18), a massa corporal (β = 0,07), o índice de massa corporal (β = -0,19) e a área muscular do braço (β = -0,08) explicaram 42% da variação do escore de imagem corporal em adolescentes que vivem com HIV. A insatisfação com a imagem corporal no grupo HIV é apontada pela magreza e no controle pelo excesso de peso. Quase metade da variação da imagem corporal dos adolescentes que vivem com HIV foram explicadas pelas variáveis demográficas e antropométricas.

Palavras-chave : Adolescente; Antropometria; Distribuição da gordura corporal; HIV; Imagem corporal.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )