SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 número1CRESCIMENTO DE Pinus elliottii ENGELM SOB DIFERENTES INTENSIDADES DE DESBASTE índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Florestal

versão impressa ISSN 0103-9954versão On-line ISSN 1980-5098

Resumo

CALDEIRA, Marcos Vinicius Winckler; SILVA, Eliane Maria Ribeiro da; FRANCO, Avílio A.  e  ZANON, Magda Lea Bolzan. CRESCIMENTO DE LEGUMINOSAS ARBÓREAS EM RESPOSTAS A INOCULAÇÃO COM FUNGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES. Ciênc. Florest. [online]. 1997, vol.7, n.1, pp.1-10. ISSN 1980-5098.  http://dx.doi.org/10.5902/19805098334.

O presente estudo teve como objetivo avaliar o desenvolvimento de mudas inoculadas ou não com fungos micorrízicos. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado com 4 tratamentos e 25 repetições. Os tratamentos foram: Glomus clarum (Nicolson & Schenk), Gigaspora margarita (Becker Hall), Fungos Nativos e Testemunha (sem inoculação). Não houve diferença estatística para altura, diâmetro e fitomassa aérea e subterrânea de raízes grossas em mudas de Copaifera martii. As maiores percentagens de comprimento de raízes finas colonizadas e taxa de sobrevivência foram obtidas com mudas inoculadas com G. margarita e G. clarum. No que se refere as mudas de Dimorphandra macrostachya não houve diferença estatística para os parâmetros estudados (altura, diâmetro, fitomassa aérea e subterrânea de raízes grossas e finas. A inoculação com G. margarita favoreceu a percentagem de colonização micorrrízica de raízes finas e a taxa de sobrevivência em mudas de Dimorphandra macrostachya.

Palavras-chave : Fungos Micorrízicos; Árvores Leguminosas; Crescimento.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )