SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número2VIGOR DAS SEMENTES DE Apeiba tibourbou Aubl. SOB DIFRENTES CONDIÇÕES DE ARMAZENAMENTO E EMBALAGENSMANEJO SUSTENTÁVEL DE FLORESTAS NATURAIS DA REGIÃO DO PANTANAL, BRASL índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Florestal

versão impressa ISSN 0103-9954versão On-line ISSN 1980-5098

Resumo

ALVES JUNIOR, Francisco Tarcísio et al. UTILIZAÇÃO DO QUOCIENTE DE DE LIOCOURT NA AVALIAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO DIAMÉTRICA EM FRAGMENTOS DE FLORESTA OMBRÓFILA ABERTA EM PERNAMBUCO. Ciênc. Florest. [online]. 2010, vol.20, n.2, pp.307-319. ISSN 1980-5098.  http://dx.doi.org/10.5902/198050981854.

Grande parte da biodiversidade do ecossistema das florestas tropicais está se perdendo, antes mesmo que se tenha inteiro conhecimento de sua riqueza natural, assim, torna-se importante a realização de estudos, a fim de propiciar o conhecimento e a manutenção da sua estrutura, além de viabilizar a exploração de seus produtos, bens e/ou serviços provenientes de forma planejada e racional, garantindo o fluxo contínuo desses recursos. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi utilizar o quociente de De Liocourt na avaliação da distribuição diamétrica em fragmentos de Floresta Ombrófila localizados no município de Catende, Zona da Mata Sul do estado de Pernambuco, visando a descrever a estrutura diamétrica dos fragmentos estudados pelo seu Índice de Valor de Importância (IVI), bem como avaliar a degradação e o estado sucessional das áreas. A distribuição diamétrica comportou-se como o esperado para florestas inequiâneas, ou seja, curva de distribuição diamétrica assemelhando-se a um J-invertido. Os valores de área basal nos fragmentos foram de 23,6m2.ha-1, para a Mata das Caldeiras e de 20,9 m2.ha-1 para a Mata das Galinhas. Os fragmentos pesquisados encontram-se em estágio médio de sucessão. Algumas espécies apresentaram dificuldades na taxa de recrutamento, podendo gerar futuramente a sua extinção. Espécies como: Tapirira guianensis Aubl., Dialium guianense (Aubl.) Sandwith e Brosimum discolor Schott, demonstraram estrutura diamétrica distinta entre os fragmentos. A espécie Plathymenia foliolosa Benth. apresentou descontinuidade acentuada na estrutura diamétrica em ambas as áreas.

Palavras-chave : estrutura diamétrica; Floresta Ombrófila Aberta; fragmentação florestal; distúrbios antrópicos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )