SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue4COMPARATIVE ADVANTAGE AND MATRIX OF COMPETITIVENESS OF BRAZILIAN AND ARGENTINA MATE, THE PERIOD 1997-2011TEMPORAL AND SPATIAL ANALYSIS OF LAND USE CHANGE IN THE SOUTH CENTRAL REGION OF CHILE author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência Florestal

Print version ISSN 0103-9954On-line version ISSN 1980-5098

Abstract

RAMOS, Wilson Fernandes; RUIVO, Maria de Lourdes Pinheiro; JARDIM, Mário Augusto Gonçalves  and  SOUSA, Larissa Melo de. GERAÇÃO DE RESÍDUOS MADEIREIROS DO SETOR DE BASE FLORESTAL NA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM, PARÁ. Ciênc. Florest. [online]. 2018, vol.28, n.4, pp.1823-1830. ISSN 1980-5098.  https://doi.org/10.5902/1980509835341.

A indústria de base florestal é relevante para a economia mundial, pois seus produtos primários e secundários são usados como matéria-prima para outros setores e serviços gerando emprego e renda para a população e tributos para o Estado. No Brasil, a indústria florestal se destaca pela riqueza em madeira, porém, gera elevada quantidade de resíduos. O objetivo do trabalho foi avaliar a quantidade e os fatores responsáveis pela produção de resíduos madeireiros das indústrias de base florestal da Região Metropolitana de Belém, Pará. Para tanto, foram consideradas um universo de 120 empresas que realizavam o processamento primário e secundário, bem como movelarias. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas aplicadas em uma amostra de 31 empresas e observações in loco. As variáveis foram analisadas através da estatística descritiva e correlação de Pearson. Verificou-se que as empresas geraram um total de 12,3 mil m3/mês, com média de 398,9 m3/mês de resíduo. O número de espécies madeireiras influenciou na quantidade de resíduos. Conclui-se, que a partir da comparação com outras pesquisas com esse mesmo tema, que as empresas geram quantidade significativa de resíduo em consequência do número de espécies processadas.

Keywords : produção; economia florestal; ambiente.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )