SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número3Avaliação de práticas de manejo da mancha-de-Corynespora na cultura do tomateAvaliação da resistência da soja a Sclerotinia sclerotiorum em diferentes estádios fenológicos e períodos de exposição ao inóculo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Tropical Plant Pathology

versão impressa ISSN 1982-5676

Resumo

SILVA, Stela Dalva Vieira Midlej et al. Resistência de progênies de cacaueiro à murcha-de-Ceratocystis. Trop. plant pathol. [online]. 2012, vol.37, n.3, pp.191-195. ISSN 1982-5676.  https://doi.org/10.1590/S1982-56762012000300005.

Mudas de progênies de polinização livre de 20 clones de cacaueiro (Theobroma cacao) foram inoculadas com o fungo Ceratocystis cacaofunesta, agente causal da murcha-de-Ceratocystis, e a resposta avaliada pelo percentual de plantas mortas. Progênies de polinização aberta dos clones TSH1188 e VB1151 foram usadas como padrões de resistência, e de CCN51 e SJ02 como suscetíveis. Foram estimados contrastes entre estes referenciais e as progênies em estudo, e avaliados pelo teste t de Dunnett (α= 0,05). As progênies apresentaram diferentes respostas a C. cacaofunesta sendo possível classificá-las em três grupos: resistente (FCB01, CSG70, BOBA01, VB902, TSH1188, VB1151, PS1319 e MAC01), moderadamente suscetível (HW25, PM02, FA13, PH15, M05 e BJ11) e suscetível (CCN51, FB206, PH16, SJ02, CCN10 e FSU77).

Palavras-chave : Ceratocystis cacaofunesta; Theobroma cacao; melhoramento genético; seleção, teste t de Dunnett.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons