SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número2Preceptoria na perspectiva da integralidade: conversando com enfermeirosSegurança do paciente: análise dos incidentes notificados em um hospital do sul do Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Gaúcha de Enfermagem

versão On-line ISSN 1983-1447

Resumo

RONCHI, Samara et al. Prevalência de alterações mamárias em mulheres atendidas em um município do estado do Paraná. Rev. Gaúcha Enferm. [online]. 2014, vol.35, n.2, pp.113-120. ISSN 1983-1447.  https://doi.org/10.1590/1983-1447.2014.02.43580.

Este estudo quantitativo e retrospectivo teve como objetivo analisar a prevalência de alterações mamárias de 1304 mulheres do município de Francisco Beltrão - Paraná (PR), Brasil, cadastradas no SISMAMA de uma Regional de Saúde do Estado do Paraná, entre 2009 e 2012. Os dados foram coletados em maio e junho de 2013 e analisados estatisticamente. Os resultados apontaram que 694 (53,2%) mulheres tinham idade até 49 anos, 1126 (86,3%) não possuíam risco aumentado para desenvolver câncer de mama, 1205 (92,5%) realizaram mamografia de rastreamento. Cor e seguimento foram informações omitidas na maioria dos cadastros. Predominou a categoria (BI-RADS(r) 0) exame inconclusivo). Categorias com maiores chances de malignidade (BI-RADS(r) 4 e 5) prevaleceram na mama esquerda de mulheres acima de 50 anos. Diagnóstico de lesão esclerosante radial associada ao carcinoma ductalinfiltrante predominou em 53,0% (n=9) dos exames histopatológicos. Conclui-se que estes dados são parcialmente corroborados pela literatura.

Palavras-chave : Doenças mamárias; Mulheres; Mamografia; Epidemiologia.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )