SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número1UMA PROPOSTA DE REFERENCIAL ANALÍTICO DE GRÁFICOS CINEMÁTICA A PARTIR DE TABELASA MÚSICA PODE SER UMA ESTRATÉGIA PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS? ANALISANDO CONCEPÇÕES DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA. índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências (Belo Horizonte)

versão impressa ISSN 1415-2150versão On-line ISSN 1983-2117

Resumo

SIMOES, Bruno dos Santos et al. A AFINIDADE COM A FÍSICA: UMA ANÁLISE FEITA COM ESTUDANTES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MATO GROSSO DO SUL (UFMS). Ens. Pesqui. Educ. Ciênc. (Belo Horizonte) [online]. 2013, vol.15, n.1, pp.67-80. ISSN 1983-2117.  https://doi.org/10.1590/1983-21172013150105.

Este trabalho tem como objetivo investigar fatores que influenciaram estudantes de Física da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) na escolha do curso, e o papel que seus próprios professores tiveram nessa escolha. Para tal, construímos e aplicamos um questionário a quarenta e cinco graduandos de Física (bacharelado e licenciatura). Dentre os resultados, destacamos que os estudantes investigados desenvolveram afinidades com a Física antes de optarem pela carreira. Ao apontarem professores dos quais tenham gostado durante o percurso de formação, aqueles que ministraram Física foram os mais lembrados. Porém, a afinidade com o conhecimento é o fator mais citado como definidor da escolha. Entendemos que o professor, mesmo não sendo peça fundamental nessa escolha, é um importante agente motivador, influenciando estudantes na escolha pela carreira científica.

Palavras-chave : Afetividade; Ensino de Física; Escolha da Carreira..

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )