SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número4Fatores sociodemográficos e de aptidão física associados a baixos níveis de atividade física em adolescentes de uma cidade do Sul do BrasilAnálise da hipótese de restrição da ação e do efeito do foco de atenção em tarefa de equilíbrio em plataforma instável índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Educação Física / UEM

versão On-line ISSN 1983-3083

Resumo

NASCIMENTO JUNIOR, José Roberto Andrade do; CAPELARI, Julia Bellini  e  VIEIRA, Lenamar Fiorese. Impacto da prática de atividade física no estresse percebido e na satisfação de vida de idosos. Rev. educ. fis. UEM [online]. 2012, vol.23, n.4, pp.647-654. ISSN 1983-3083.  https://doi.org/10.4025/reveducfis.v23.4.16934.

Este estudo objetivou investigar o impacto da prática de atividade física no nível de estresse e na satisfação de vida de idosos. Foram sujeitos 187 integrantes da Universidade Aberta à Terceira Idade de um município da região Noroeste do Paraná. Como instrumentos foram utilizados a Escala de Estresse Percebido e a Escala para Avaliação de Atitudes em Relação à Velhice. Para a análise dos dados, aplicaram-se os testes Kolmogorov-Smirnov, Mann-Whitney, a Correlação de Spearman, o Qui-quadrado e a Regressão de Poisson (p < 0,05). Os resultados evidenciaram que os praticantes de atividade física apresentaram maior satisfação com a velhice e menor nível de estresse e sentimentos de perda se comparados aos não-praticantes (p = 0,001). A prática de atividade física está associada com todas as variáveis (p=0,001), indicando que exerce impacto no estresse e na satisfação de vida. Concluiu-se que a atividade física é um elemento interveniente na percepção do estresse e na satisfação de vida, contribuindo para um envelhecimento saudável.

Palavras-chave : Estresse; Satisfação de Vida; Atividade Física.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons