SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número1Dados sociodemográficos, estado nutricional e maturação sexual de escolares do sexo masculino: exposição à insatisfação com a imagem corporalEfeito da suplementação oral com ácido linoleico conjugado associado ao treinamento físico sobre a gordura corporal de ratos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Educação Física / UEM

versão On-line ISSN 1983-3083

Resumo

RIBEIRO, Adriana Ramos Alves et al. Barreiras pessoais para prática de atividade física percebidas por portadores de AIDS. Rev. educ. fis. UEM [online]. 2013, vol.24, n.1, pp.93-101. ISSN 1983-3083.  https://doi.org/10.4025/reveducfis.v24.1.16069.

O propósito deste estudo foi analisar a prevalência de barreiras pessoais para a prática de atividade física percebidas em portadores de AIDS. Trinta e cinco sujeitos de ambos os gêneros participaram voluntariamente deste estudo. Três questionários foram aplicados na seguinte sequência: a) barreiras pessoais percebidas para prática de atividade física; b) nível de atividade física habitual e c) socioeconômico. A prevalência de prática de atividade física adequada nas horas de lazer (≥ 150 min/sem) foi de 23,5%. As principais barreiras pessoais percebidas para prática de atividade física identificadas foram: (1) preguiça ou cansaço (48,6%); (2) falta de companhia (45,7%); (3) possuir lesão ou doença (37,2%) e (4) falta de dinheiro e medo de se machucar (34,3%, para ambas). Os resultados sugerem que a principal barreira pessoal percebida para prática de atividade física relatada pelos participantes guarda relação com os efeitos colaterais da medicação antirretroviral utilizada para o controle da AIDS.

Palavras-chave : Estilo de vida sedentário; AIDS; Questionários.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons