SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número1Intensidade e sazonalidade da atividade física de crianças durante o recreio escolarHipotensão pós-exercício aeróbio e resistido em indivíduos com lesão medular índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Educação Física / UEM

versão On-line ISSN 1983-3083

Resumo

FORTES, Leonardo de Sousa; ALMEIDA, Sebastião Sousa  e  FERREIRA, Maria Elisa Caputo. Influência da periodização do treinamento sobre os comportamentos de risco para transtornos alimentares em nadadoras. Rev. educ. fis. UEM [online]. 2014, vol.25, n.1, pp.127-134. ISSN 1983-3083.  https://doi.org/10.4025/reveducfis.v25i1.21640.

O objetivo foi analisar a influência da periodização do treinamento sobre os comportamentos de risco para os transtornos alimentares (TA) em atletas do sexo feminino. Participaram 28 nadadoras com idade entre 12 e 16 anos. Utilizaram-se as subescalas do Eating Attitudes Test (EAT-26) para avaliar comportamentos de risco para os TA. As nadadoras foram avaliadas ao longo de um macrociclo de treinamento, contendo as etapas: preparatório geral, preparatório específico, competitivo e polimento. Os achados demonstraram aumento da frequência dos comportamentos restritivos (p<0,05) e purgativos (p<0,05) nos períodos competitivo e polimento em relação às etapas iniciais da periodização do treinamento (preparatório geral e específico). Concluiu-se que a periodização do treinamento na natação influenciou os comportamentos de risco para os TA. Logo, identificou-se que o período competitivo e o polimento podem ser etapas críticas para o desenvolvimento de comportamentos de risco para os TA em jovens nadadoras.

Palavras-chave : Transtornos alimentares; Atletas; Natação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )