SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número2CONTEÚDOS DE ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: SABERES COMPARTILHADOS NAS NARRATIVAS DOCENTESO FINANCIAMENTO PÚBLICO DO RUGBY BRASILEIRO: A RELAÇÃO GOVERNO FEDERAL E CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY(CBRU) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Educação Física / UEM

versão impressa ISSN 0103-3948versão On-line ISSN 1983-3083

Resumo

COSTA FILHO, Roraima Alves da  e  IAOCHITE, Roberto Tadeu. EXPERIÊNCIAS DE ENSINO NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO E AUTOEFICÁCIA PARA ENSINAR EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA. Rev. educ. fis. UEM [online]. 2015, vol.26, n.2, pp.201-211. ISSN 1983-3083.  https://doi.org/10.4025/reveducfis.v26i2.24762.

As experiências de ensino durante o estágio curricular supervisionado desempenham um papel importante na formação de futuros professores. Contudo, a maneira como influenciam a crença de autoeficácia docente desses estudantes ainda é pouco conhecida. O objetivo deste estudo foi compreender como se constitui a crença de autoeficácia para o ensino da Educação Física na escola de estagiários em fase final de formação, por meio de análise documental de portfólios reflexivos. A investigação revelou que os autores dos portfólios se perceberam capazes para ensinar Educação Física após o estágio. As experiências de regência, seguidas pela persuasão social, foram as fontes de autoeficácia mais citadas. Promover o conhecimento sobre as crenças ligadas ao ensino, em especial a de autoeficácia, pode favorecer a reflexão de futuros professores sobre a própria capacidade, e também sobre competências e estratégias que deverão desenvolver no exercício da docência, considerando os desafios presentes nesse processo.

Palavras-chave : Prática de Ensino; Autoeficácia; Educação Física.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )