SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número3ATENDIMENTO ESPECIALIZADO EM ESPORTE ADAPTADO: DISCUTINDO A INICIAÇÃO ESPORTIVA SOB A ÓTICA DA INCLUSÃONÍVEL SOCIOECONÔMICO, ESTADO NUTRICIONAL E COORDENAÇÃO MOTORA GROSSA DE ESCOLARES COM 6 A 10 ANOS NA AMAZÔNIA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Educação Física / UEM

versão impressa ISSN 0103-3948versão On-line ISSN 1983-3083

Resumo

ELLER, Marcelo Laquini et al. A OLIMPÍADA ESCOLAR E A ESPORTIVIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA NO ESPÍRITO SANTO: CONTINUIDADES E DESCONTINUIDADES (1946-1954). Rev. educ. fis. UEM [online]. 2015, vol.26, n.3, pp.389-400. ISSN 1983-3083.  http://dx.doi.org/10.4025/reveducfis.v26i3.26128.

Analisa a temática da Olimpíada Escolar no Estado do Espírito Santo entre 1946 e 1954. Objetiva compreender a relação da Olimpíada Escolar com o processo de esportivização da Educação Física. Opera com o conceito decivilidade desenvolvido por Elias (1992) e Da Matta (1994), e com o modelo do paradigma indiciário e decircularidade proposto por Ginzburg (1989, 2000). Utiliza como fonte os jornais A Gazeta e A Tribuna e o arquivo pessoal de Aloyr Queiroz de Araújo. As Olimpíadas Escolares constituíram um importante evento para o governo e para a sociedade capixaba. Esse acontecimento tinha como foco os estudantes do ensino secundário, com o objetivo de envolvê-los em um projeto nacional, educativo e civilizatório que, por sua vez, era coordenado, entre os anos de 1946 e 1954, pelo Serviço de Educação Física, localizado na Escola de Educação Física do Espírito Santo.

Palavras-chave : Olimpíada Escolar; Escolarização; Educação Física; Espírito Santo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )