SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número9Políticas de saúde para lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais no Brasil: em busca de universalidade, integralidade e equidadeCenas da circulação: fragmentos de uma etnografia sobre homossexualidade, gênero, cor e mestiçagem em uma favela do Rio de Janeiro índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Sexualidad, Salud y Sociedad (Rio de Janeiro)

versão On-line ISSN 1984-6487

Resumo

MOTTA, Angélica. A "charapa ardente" e a hipersexualização das mulheres Amazônicas no Peru. Sex., Salud Soc. (Rio J.) [online]. 2011, n.9, pp.29-60. ISSN 1984-6487.  https://doi.org/10.1590/S1984-64872011000400003.

Desde tempos coloniais, a Amazônia peruana foi representada, internamente, como uma paisagem altamente sexualizada. Caráter que a imaginação coletiva concentrou nas mulheres de tal região através da emblemática figura da charapa ardente. Esta representação refere-se a uma mulher desejada e sempre disponível para a atividade sexual. Este artigo analisa discursos e experiências das próprias mulheres da região em torno da mencionada representação, demonstrando a ambiguidade dos significados que a ela se associam, como também a participação ativa que elas têm nos processos da sua recriação.

Palavras-chave : Amazônia; Peru; sexualidade; gênero; representações.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons