SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número30Biografias e contextos: especificidades da iniciação sexual de jovens vivendo com HIV infectadas por transmissão verticalNem santa, nem puta, apenas mulher: a feminização do HIV/aids e a experiência de soropositividade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Sexualidad, Salud y Sociedad (Rio de Janeiro)

versão On-line ISSN 1984-6487

Resumo

MEDEIROS, Diego da Silva  e  JORGE, Maria Salete Bessa. A invenção da vida na gestação: viver com HIV/aids e a produção do cuidado. Sex., Salud Soc. (Rio J.) [online]. 2018, n.30, pp.242-261. ISSN 1984-6487.  https://doi.org/10.1590/1984-6487.sess.2018.30.12.a.

O artigo apresenta a cartografia de uma jovem mulher vivendo com HIV/aids em suas três gestações. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de orientação cartográfica que utilizou a técnica da usuária guia para acompanhar os processos de produção do cuidado no entrelaçamento das redes formais de atenção à saúde e as redes informais. A atualidade da epidemia de HIV/aids se concentra em práticas biomédicas, ilustradas na palavra de ordem “testar e tratar”; em contrapartida, ferramentas inspiradas nos direitos humanos estão perdendo força. O desejo de praticar o cuidado e a observância estrita ao protocolo presente nas redes formais de cuidado não protegem as usuárias do SUS de possíveis investidas de regulação dos corpos (medicalização) e, no limite, da violência. A produção do cuidado das gestantes vivendo com HIV/aids no seio da contemporânea epidemia de HIV/aids está articulada à compreensão do fenômeno do machismo, do estigma, do preconceito, da discriminação e de questões socioeconômicas.

Palavras-chave : cartografia; gestante; HIV/aids; produção do cuidado; violência.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )