SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número30A invenção da vida na gestação: viver com HIV/aids e a produção do cuidadoDa política à prática da profilaxia pós-exposição sexual ao HIV no SUS: sobre risco, comportamentos e vulnerabilidades índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Sexualidad, Salud y Sociedad (Rio de Janeiro)

versão On-line ISSN 1984-6487

Resumo

LOURENCO, Gilclécia Oliveira; AMAZONAS, Maria Cristina Lopes de Almeida  e  LIMA, Ricardo Delgado Marques de. Nem santa, nem puta, apenas mulher: a feminização do HIV/aids e a experiência de soropositividade. Sex., Salud Soc. (Rio J.) [online]. 2018, n.30, pp.262-281. ISSN 1984-6487.  https://doi.org/10.1590/1984-6487.sess.2018.30.13.a.

Este estudo objetivou problematizar como as dimensões socio-históricas de gênero e os elementos discursivos das sexualidades se correlacionam com as vivências de mulheres soropositivas em relação ao vírus HIV. Trata-se de uma pesquisa de campo de abordagem qualitativa em que foram entrevistadas, individualmente, dez mulheres soropositivas. O diagnóstico dessas mulheres aponta para a fragilidade da relação conjugal, desvela o mito do amor ideal e enfatiza a relação de desigualdade estabelecida entre os gêneros. Conclui-se que o grupo social das mulheres, devido à iniquidade de gênero, ainda é socialmente mais vulnerável ao acometimento do vírus.

Palavras-chave : sexualidade; gênero; mulher; HIV; aids.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )