SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número3Influence of radiation on endotoxin test using the PTS TM for 18-FDG radiopharmaceuticalSynthesis, quality control and dosimetry of the radiopharmaceutical 18F-sodium fluoride produced at the Center for Development of Nuclear Technology - CDTN índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences

versão On-line ISSN 2175-9790

Resumo

BARATTO, Leopoldo Clemente; DUARTE, Márcia do Rocio  e  SANTOS, Cid Aimbiré de Moraes. Pharmacobotanic characterization of young stems and stem barks of Rauvolfia sellowii Müll. Arg., Apocynaceae. Braz. J. Pharm. Sci. [online]. 2010, vol.46, n.3, pp.555-561. ISSN 2175-9790.  https://doi.org/10.1590/S1984-82502010000300020.

Rauvolfia sellowii Müll. Arg. (Apocynaceae), uma árvore nativa brasileira rica em alcaloides indólicos, é conhecida como "pau-pra-tudo" e utilizada popularmente como hipocolesterolêmica, hipoglicêmica e anti-hipertensiva. O presente trabalho teve como objetivo caracterizar anatomicamente o caule jovem e a casca caulinar dessa planta medicinal, a fim de contribuir para a identificação e autenticidade da droga. O material vegetal foi fixado e submetido às microtécnicas usuais. O caule jovem possui epiderme remanescente, porém uma periderme suberificada é observada. O felogênio instala-se na região cortical, formando súber externamente. Subjacentes ao felogênio são observadas a feloderme e uma região colenquimática. No córtex, há numerosos laticíferos e algumas fibras. Há uma bainha esclerenquimática incompleta, constituída de vários grupos de fibras e células pétreas. O caule mostra floema interno organizado em grupos isolados lado a lado. Numerosos laticíferos, cristais de oxalato de cálcio, idioblastos e amiloplastos são encontrados no córtex, no floema, no xilema e na medula. A casca do caule possui várias camadas de súber e parênquima cortical, uma bainha composta de fibras e células pétreas totalmente lignificadas, e floema externo. Estes caracteres anatômicos, quando analisados em conjunto, podem ser utilizados como parâmetros para controle de qualidade desta espécie.

Palavras-chave : Rauvolfia sellowii [farmacognosia]; Apocynaceae [farmacognosia]; Plantas medicinais; Anatomia vegetal; Floema interno; Laticíferos; Cristais de oxalato de cálcio.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons