SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11Por baixo e através: localização, usos e descontinuidades em uma vizinhança central na cidade de João Pessoa refletindo efeitos do planejamento urbano correnteOs espaços residenciais fechados do setor sul de Ribeirão Preto e o domínio do capital mercantil no processo de expansão urbana no município nos anos 2000 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana

versão On-line ISSN 2175-3369

Resumo

MONTENEGRO, Rosa Livia Gonçalves  e  RIBEIRO, Luiz Carlos de Santana. Planejamento urbano em áreas impactadas por Grandes Projetos de Investimentos (GPIS): uma análise sobre o Estado de Rondônia. urbe, Rev. Bras. Gest. Urbana [online]. 2019, vol.11, e20180030.  Epub 18-Abr-2019. ISSN 2175-3369.  https://doi.org/10.1590/2175-3369.011.e20180030.

No Brasil, os grandes projetos de investimentos ligados (GPIs) às obras de infraestrutura são responsáveis por grande geração de emprego e, com efeito, pelo crescimento econômico do país, como é o caso da construção de usinas hidrelétricas no Estado de Rondônia. O objetivo deste artigo é discutir os efeitos das implantações e dos projetos de grandes empreendimentos no Estado de Rondônia, para o ano de 2010. Para isso, é utilizada como metodologia a análise fatorial a fim de caracterizar fatores aglomerativos e desaglomerativos das regiões rondonianas. Como insumos da análise fatorial foram utilizadas variáveis proxies para verificar aspectos demográficos, econômicos e de infraestrutura. Os principais resultados apontam para a caracterização de três indicadores distintos e que apresentam características peculiares ao processo de urbanização nos últimos anos em Rondônia. Entre essas características estão cargas fatoriais denominadas de “Dinâmica Econômica”, “Infraestrutura básica”, pois verificaram-se duas variáveis determinantes de áreas com infraestrutura sólida e/ou não voltadas a áreas urbanas, como água encanada e eletricidade. Quanto ao último fator, ela denomina-se “Natureza Demográfica”, pois configura relações típicas de cidade de pequeno porte, porém com relativo déficit na proporção de natalidade e mortalidade, além de outros fatores significativos entre os municípios vizinhos e sua absorção de mão de obra.

Palavras-chave : Planejamento urbano; Grandes Projetos de Investimentos; Rondônia; Análise multivariada; Análise fatorial.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )