SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.65 issue1Floristic and structural changes in the cerrado sensu stricto over 27 years (1985-2012) at Fazenda Água Limpa, Brasília, DFDiversity patterns and floristic composition of permanent evaluative plots in the peruvian central forest author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Rodriguésia

On-line version ISSN 2175-7860

Abstract

MEDEIROS, Marcelo Brilhante de; WALTER, Bruno Machado Teles  and  OLIVEIRA, Washington Luis. Comparações florísticas e estruturais entre comunidades arbóreas de dois fragmentos de florestas estacionais na bacia do rio Tocantins e outros remanescentes desta fisionomia florestal no Brasil. Rodriguésia [online]. 2014, vol.65, n.1, pp.21-33. ISSN 2175-7860.  https://doi.org/10.1590/S2175-78602014000100002.

A composição e a estrutura do componente arbóreo foram caracterizadas em dois fragmentos de floresta estacional na bacia do médio rio Tocantins e comparadas com outros remanescentes dessa fitofisionomia em outras regiões do Brasil. Os indivíduos foram amostrados em 17 parcelas de 20 × 50 m, nos municípios de Palmeirópolis (TO) e Minaçú (GO). Em cada parcela foram mensurados todos os indivíduos lenhosos que apresentaram diâmetro igual ou superior a 5 cm, medido a 1,30 m do solo (DAP > 5 cm). A maior similaridade florística desses dois remanescentes com outras florestas estacionais mais próximas não apresentou um padrão claro. A composição florística nos fragmentos estudados foi mais similar a uma floresta estacional decidual no vale do Paranã, embora muito dissimilar em relação à outra floresta decidual nesse mesmo vale. Esse resultado e a maior dissimilaridade em relação às florestas do sul de Goiás sugerem que as atuais florestas apresentaram composição e estrutura características de florestas estacionais de baixa altitude da bacia do médio/alto rio Tocantins. Os resultados também indicam que cada fragmento investigado apresenta uma flora própria, com estrutura e diversidade relativamente similares.

Keywords : mata seca; diversidade; composição.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License