SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número1Influência dos afloramentos rochosos sobre a comunidade lenhosa no cerrado stricto sensuEstabelecimento de mudas de Eucalyptus spp. e Corymbia citriodora em diferentes substratos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Floresta e Ambiente

versão On-line ISSN 2179-8087

Resumo

SANTOS, Adriana da Silva et al. Panorama do comércio de madeira serrada na Microrregião Geográfica de Florianópolis-SC. Floresta Ambient. [online]. 2014, vol.21, n.1, pp.19-29.  Epub 01-Out-2013. ISSN 2179-8087.  https://doi.org/10.4322/floram.2013.035.

O presente estudo teve como objetivos diagnosticar e quantificar as principais espécies florestais tropicais e exóticas comercializadas na Microrregião Geográfica de Florianópolis, bem como identificar sua origem e verificar as tendências do comércio de madeira serrada na região. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas nos estabelecimentos que comercializam madeira serrada na região. As principais espécies tropicais comercializadas são o angelim e o cambará, enquanto que, entre as espécies exóticas, predominam os gêneros Pinus e Eucalyptus. O consumo mensal foi estimado em 7.000 m3 de madeira serrada, sendo 2.000 m3 de espécies nativas, 3.500 m3 de Pinus e 1.560 m3 de Eucalyptus. O maior percentual de madeira serrada das espécies tropicais provém do Mato Grosso (38%), enquanto Santa Catarina (95%) é o principal fornecedor de madeira de Pinus e Eucalyptus.

Palavras-chave : comércio madeireiro em Santa Catarina; espécies florestais; fornecimento de madeira.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons