SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24Biomassa, Carbono e Nitrogênio na Serapilheira Acumulada de Florestas Plantadas e NativaCapacidade de Retenção Hídrica do Estoque de Serapilheira de Eucalipto índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Floresta e Ambiente

versão impressa ISSN 1415-0980versão On-line ISSN 2179-8087

Resumo

JESUS, Janisson Batista de; FERREIRA, Robério Anastácio; GAMA, Dráuzio Correia  e  GOES, João Horácio Almeida de. Estabelecimento de Espécies Florestais Nativas Via Semeadura Direta no Rio Piauitinga - Sergipe. Floresta Ambient. [online]. 2017, vol.24, e20150288.  Epub 27-Abr-2017. ISSN 2179-8087.  https://doi.org/10.1590/2179-8087.028815.

A técnica de semeadura direta vem se destacando nos projetos de recuperação florestal pela redução de custos na implantação e tem sido cada vez mais utilizada. Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a emergência, sobrevivência e estabelecimento de espécies florestais nativas, por meio de sementes em áreas de mata ciliar no Rio Piauitinga, município de Lagarto, SE. As espécies utilizadas foram Libidibia ferrea var. leiostachya (Benth.) L. P. Queiroz, Cassia grandis L. f., Cecropia pachystachya Trec., Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong e Guazuma ulmifolia Lam. O experimento em campo foi implantado em Delineamento em Blocos Casualizados (DBC) com quatro repetições, em esquema fatorial, testando-se as cinco espécies com e sem tratamento para superação de dormência. A semeadura direta mostrou-se uma técnica viável para a área de estudo apenas para as espécies L. ferrea var. leiostachya, E. contortisiliquum e Cassia grandis, utilizando-se sementes com e sem dormência.

Palavras-chave : degradação ambiental; dormência; sementes florestais.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )